Debate

Tesouros da Etiópia roubados pelos britânicos são devolvidos ao país africano

Redação Hypeness - 07/12/2021 | Atualizada em - 28/12/2021

A Etiópia saudou a devolução de preciosos artefatos saqueados por soldados britânicos há mais de 150 anos, após uma longa campanha por sua restituição. A coleção – recuperada da Grã-Bretanha, Bélgica e Holanda – inclui uma coroa cerimonial, um escudo imperial, um conjunto de copos de chifre com relevo em prata, um livro de orações escrito à mão, cruzes e um colar.

A maioria dos itens foi pilhada pelo exército britânico depois que derrotou o Imperador Tewodros II na Batalha de Magdala em 1868 no que então era a Abissínia.

A maioria dos itens foi saqueada pelo exército britânico depois que derrotou o Imperador Tewodros II na Batalha de Magdala em 1868, no que então era a Abissínia.

Os tesouros foram desembrulhados perante a mídia no museu nacional da Etiópia no sábado, 20 de novembro, mais de dois meses depois de terem sido formalmente entregues em uma cerimônia em Londres em setembro.

A Etiópia disse que foi o maior repatriamento de artefatos para o país, com seu embaixador na Grã-Bretanha, Teferi Melesse, descrevendo-o como de “grande importância”. Há muito que há apelos na África para que os países ocidentais devolvam seus despojos coloniais, com muitos tesouros nacionais valiosos guardados no exterior em museus ou, às vezes, em coleções particulares.

 

Tesouros roubados

No início deste mês, o estado do Benin, na África Ocidental, recebeu de volta quase 30 tesouros reais confiscados durante o governo da França, há mais de 130 anos. O governo etíope ainda está lutando para que a Grã-Bretanha devolva outros artefatos roubados, incluindo uma madeira sagrada e uma peça de pedra, que representam a Arca da Aliança.

Os artefatos foram levados pelas tropas britânicas no cerco de Magdala em 1868 e foram depositados no Museu Britânico em 1872.

As peças estão alojados no Museu Britânico em Londres – que possui um vasto tesouro roubado de nações invadidas por eles – mas nunca foram colocados à disposição do público. A Etiópia também está procurando os restos mortais do filho de Tewodros, o príncipe Alemayehu, que foi levado para a Grã-Bretanha depois que o imperador cometeu suicídio após sua derrota no campo de batalha.

Uma coroa, feita na Etiópia por volta de 1740, apresenta ouro, cobre dourado, contas de vidro, pigmento e tecido.

Uma variedade de artefatos que são um legado de nossa cultura e valores foram saqueados durante a batalha e retirados do país ilegalmente “, disse a ministra do Turismo, Nasise Challi. “Inúmeros dos nossos artefatos são encontrados em vários museus, centros de pesquisa e nas mãos de particulares”, disse ela no evento de sábado, apelando pelo seu retorno.

Publicidade

Fotos: Reprodução/abc news


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Notice: date_default_timezone_set(): Timezone ID 'UTC-3' is invalid in /var/www/html/wordpress/wp-content/themes/hypeness-new/part/home/brand-channel.php on line 29

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.