Inspiração

10 mitos sobre sobrevivência em situações extremas que devem ser desmentidos

Redação Hypeness - 21/01/2022 às 07:41 | Atualizada em 27/01/2022 às 09:25

Para sobreviver a situações extremas é preciso técnica, conhecimento, força e um tanto de sorte – mas, principalmente, é preciso saber como e quando agir para contornar eventuais situações ou não causar novas e piores emergências.

A internet está repleta de compilados e guias ensinando o que se deve e o que não se deve fazer para diante de eventuais ameaças – mas, como bem sabemos, nem tudo que se lê na rede é verdade. Assim, um fórum aberto no Reddit buscou justamente desvendar quais são os mais perigosos e enganosos mitos sobre sobrevivência que os usuários conhecem.

fogo

Fazer fogo também pode ser a diferença entre a vida e a morte

-Piloto que caiu de avião aprendeu a comer com macacos e foi resgatado por casal de irmãos

O questionamento buscou reunir algumas máximas sobre, por exemplo, a sobrevivência na natureza selvagem ou em outras situações de perigo, que não somente não são verdadeiras, mas podem levar alguém a agravar sua situação ou mesmo morrer. As respostas foram reunidas pelo site Bored Panda, e avaliadas por um especialista em sobrevivência – e algumas delas podem ser lidas aqui, e devem ser seguidas diante do perigo.

fogo

O fogo pode tanto aquecer quanto cozinhar alimentos e afugentar animais

– Não é preciso esperar para denunciar um desaparecimento

Em verdade, as primeiras horas do sumiço são cruciais para ampliar as chances de se encontrar uma pessoa desaparecida.

-O incrível caso do jovem que sobreviveu 49 dias à deriva no mar

– Não utilize pedras úmidas em fogueiras

pedras úmidas

A água no interior das pedras pode fazer a fogueira explodir

Não só a umidade pode dificultar o fogo: a água eventualmente presa dentro da pedra pode ferver e tornar a rocha em uma verdadeira bomba.

– Nem tudo que os animais comem é seguro para nós

Se alguém se perder na floresta, não se deve comer uma planta por ver outro animais a ingerindo: muitos animais podem consumir de forma segura algo que, para nós, será venenoso.

-Aos 102 anos, ela sobreviveu à Gripe Espanhola e a covid-19 duas vezes

– Economize água

beber água

Matar a sede deve ser a primeira preocupação em situação de emergência

Enquanto o corpo humano é capaz de suportar muitos dias sem comida, a falta de água pode nos levar a morte em 3 a 4 dias.

– Tente sempre cozinhar os alimentos

Comer a carne de um animal crua, como de um pássaro, por exemplo, não é uma boa ideia, e pode trazer infecções, intoxicações e doenças diversas.

– Não beba água dos cactos

cacto

O líquido dentro do cacto não é potável e pode até mesmo nos envenenar

O líquido de dentro dos cactos não é potável, e pode causar vômito e diarreia e agravar o quadro de desidratação

-E se o seu exame de fim de ano fosse sobreviver em uma ilha remota e deserta no Alaska?

– Bebidas alcoólicas não nos esquentam

A sensação de calor após ingerir álcool se dá pela bebida dilatar nossos vasos sanguíneos, mas esse mesmo processo nos faz perder calor e, em situação de frio extremo, acelera um processo de hipotermia.

– Não soque o nariz do tubarão

Tubarão

Um mínimo erro e o soco vai parar na boca do tubarão

A cena pode ser boa em filmes, mas na vida real, tende a ser ineficaz e perigosa. O nariz de um tubarão é escorregadio e próximo de sua imensa boca: se por acaso se vir diante do animal e for atacado por um tubarão, esqueça o nariz e procure golpear seus olhos com toda força.

– Se for esfaqueado ou perfurado, não remova o objeto

Remover o que perfurou pode levar a vítima a sangrar até a morte: o melhor a fazer é buscar ajuda o quanto antes, para que a remoção seja feita de forma segura.

-Vídeo resume as mentiras que se escondem por trás do que postamos nas redes sociais

– Não beba a própria urina

xixi

A óbvia conclusão é a mais correta: urina é veneno, e deve ser expelida e não ingerida

Nosso xixi é literalmente uma forma do nosso corpo eliminar toxinas: além de nos deixar ainda mais desidratados, pode causar doenças, infecções, intoxicações, falência de órgãos, e mais – tudo, menos à sobrevivência.

kit de sobrevivência

Informação correta também é parte de um bom kit de sobrevivência

Publicidade

© foto 1: Wikimedia Commons

© fotos 2, 4, 7, 8: Getty Images

© foto 3: Bored Panda

© foto 5: Flickr/CC

© foto 6: MaxPixel


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Canais Especiais Hypeness