Diversidade

A mãe de 47 anos que aprendeu a andar de skate e quebrou estereótipos com ajuda do TikTok

Redação Hypeness - 11/01/2022

Imagine sua mãe destruindo no skate em um parque perto da sua casa, fazendo altas manobras, um sorriso gigante no rosto e uma piscadinha de quem sabe o que está fazendo. Parece estranho? Engraçado? Pois para a @AuntySkates, é a descrição de só mais um dia normal. Com mais de 145 mil seguidores no TikTok, Oorbee Roy está desafiando nossas percepções de quem pode praticar o esporte, o que significa ter um hobby na idade avançada e as expectativas da sociedade em relação às mulheres não brancas e mais velhas.

Com 47 anos, mãe de dois filhos e morando em Toronto, Canadá, Oorbee anda de skate diariamente. Os vídeos dela registram seu progresso, fornecem vislumbres de excursões de skate com a família e fornecem conselhos para iniciantes, ao mesmo tempo enfatizando que o que ela está fazendo não é a norma – e isso precisa mudar.

Virando o jogo

O skate não é novidade para a família de Roy. Vinte anos atrás, enquanto ela trabalhava em Wall Street como uma funcionária de  sucesso em uma empresa de tecnologia, seu marido estava andando de skate em seu estado natal, Nova Jersey. Os dois se conheceram, se apaixonaram e se mudaram para o Canadá. Eles tiveram dois filhos, um menino e uma menina, e o tempo todo o marido dela andava de skate nas horas vagas. Alguns anos depois, Roy deixou o emprego para ficar com a família em tempo integral e descobriu que seu marido, e agora os dois filhos, estavam passando muito tempo fora de casa com suas pranchas.

Para simplificar, Roy se sentiu excluída. “Honestamente, eu só não queria ser a mãe parada ali assistindo todo mundo se divertindo. Então eu pensei, ‘Eu vou fazer isso também.’ Tive algumas aulas. E me apaixonei imediatamente “, explicou ela.

@auntyskates Be kind to yourself and follow your heart. Aunty believes in you 💜 #springvibes #desitiktok #skater #over40 #healthyliving #bengalinewyear ♬ Good Day – Nappy Roots

Ela cresceria a partir das primeiras aulas com um instrutor local quatro anos atrás, bem como uma queda memorável e dolorosa ao tentar andar em um half pipe, conhecido como drop in. “Eu tentei fazer a manobra, caí de bunda imediatamente e doeu. E eu pensei, ‘Isso é incrível!'” Relembra Roy. “Foi libertador.”

Seu marido construiu para ela uma pequena rampa na casa de seus pais, e agora ela é uma skatista frequente que pode cair em rampas de 2,10 metros e fazer um truque de giro chamado “shuvit” em sua primeira tentativa. Ela até entrou e ganhou competições de patinação. Seu relato, feito em fevereiro de 2021, está repleto de histórias motivadoras sobre como romper os moldes de gênero, idade e cultura que a fizeram sentir que nunca poderia entrar em um hobby como o skate.

Créditos: Chantal Garcia / Oorbee Roy

A ‘tia’ do Tiktok

Sua identidade como mulher indiana deu origem ao nome de sua conta. “A tia na cultura indiana é tradicionalmente a pessoa que é muito fofoqueira, que te rebaixa, que diz que você engordou um pouco ou pergunta: ‘Por que você ainda não se casou?’ E acho que muitas culturas têm isso “, explicou Roy. Ela queria subverter essa experiência, recuperar o símbolo de sua cultura de uma pessoa idosa problemática para encorajar os adultos, principalmente as mulheres indianas, a viver mais como crianças.

Roy usou o personagem da Tia com mais frequência em seus primeiros vídeos, vestido com roupas culturalmente relevantes e usando um sotaque familiar. Desde então, ela abandonou um pouco a personagem, não sentindo mais a necessidade. “Eu vou ser apenas a tia que edifica você em vez de destruí-lo”, disse ela. “Eu quero ser uma força de mudança.”

Agora, ela posta quase todos os dias para os seus 145 mil seguidores no TikTok. Um vídeo dela treinando sua filha em um truque difícil tem 9 milhões de visualizações. Ela planeja abrir uma conta no YouTube para compartilhar sua história e conselhos, e seu principal objetivo é fazer com que todos os adultos capazes e interessados ​​andem de skate, para encorajar o que ela chama de “brincadeira adulta”.

@auntyskates This is a skate mom. #beginnerskater #skate #skatermom #genx #TikTokCanadaCreates #skatemom ♬ good 4 u – Olivia Rodrigo

O conteúdo de Roy inspira em vários níveis: é encorajador para mulheres mais velhas que desistiram de passatempos pessoais pelo trabalho e pela família, é uma representação para pessoas do sul da Ásia que se sentem confinadas por expectativas culturais e é a primeira vez que muitas pessoas estão vendo uma mulher de cor mais velha praticar um esporte tradicionalmente liderado por homens brancos. “Se eu estou lá fora, como uma indiana na casa dos 40 anos andando de skate, essa representatividade importa. Vendo isso, estou dando permissão a eles para fazerem o mesmo”, explicou ela.

Roy iniciou seu próprio site Aunty Skates e hospeda eventos de skate, que incluem aulas em grupo em Toronto patrocinadas por grandes marcas de skate. Ela planeja expandi-los na América do Norte assim que as preocupações com a saúde pública diminuírem.

Reprodução: Instagram Aunty Skates

Nesses eventos, zonas intencionais livres de julgamento, ela interage com pessoas de todas as idades e origens. Ela recebeu comentários de pais mais velhos nos skateparks, se desculpando por ridicularizá-la ou pedindo conselhos para começarem. E suas mensagens online estão cheias de pessoas de todo o mundo que estão perseguindo suas paixões por causa de seu conteúdo. Antes de nossa entrevista, ela recebeu uma carta de um jovem da Índia que disse que queria seguir uma carreira musical, apesar das objeções de sua família. “Ele disse: ‘Eu vi seus vídeos, e estou assistindo você e você me inspirou. Eu falei para meus pais e briguei com eles. Eles finalmente disseram que sim'”, disse Roy.

Nunca é tarde

Ela acha que assumir essas paixões como adulta é uma experiência extremamente poderosa. “Acho que o fato de nunca ter andado de skate quando criança foi quase benéfico para mim, porque não tinha expectativas de tentar voltar para onde estava. Qualquer passo que dou é um passo à frente e é uma alegria. Por isso, comemoro cada uma pequena vitória enquanto ando de skate “, disse Roy.

Ela também acredita firmemente que abraçar esses hobbies publicamente tem um efeito positivo em sua saúde mental (e potencialmente em outras pessoas). “Você está trabalhando para a frente, está trabalhando para algo, está encontrando o sucesso por conta própria”, disse ela.

Roy infunde seus vídeos do TikTok com essa energia. Ela é uma pessoa confiante, uma mãe divertida, uma tia solidária, não importa a sua experiência. Ela é inerentemente motivacional, querendo genuinamente ajudar as pessoas a superar as expectativas de se conformar a um certo estereótipo. Por mais tias como ela no mundo.

Publicidade

Fotos: Reprodução: Mashable/Reprodução: TikTok e Instagram @AuntySkates


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Notice: date_default_timezone_set(): Timezone ID 'UTC-3' is invalid in /var/www/html/wordpress/wp-content/themes/hypeness-new/part/home/brand-channel.php on line 29

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.