Diversidade

Ativista topa fazer as unhas de graça desde que cliente converse sobre transfobia

Redação Hypeness - 19/01/2022 às 08:58 | Atualizada em 21/01/2022 às 07:53

Charlie Craggs, de 29 anos, decidiu combater a transfobia de um jeito diferente. Mulher trans e manicure, a ativista britânica criou o movimento “Nail Transphobia” como uma tentativa de troca quando o assunto é o preconceito contra pessoas trans. O nome do projeto significa algo como “domine a transfobia”, um trocadilho com o substantivo “nail” — unha — e o verbo “nail”.

– Transfobia: conheça trajetória de rapper alvo de preconceito em praia de SP

Ela criou um salão itinerante que se propõe a viajar pelo Reino Unido e fazer as unhas dos clientes e, ao mesmo tempo, conscientizar sobre a vida de uma pessoa trans.

Isso lhes dá a chance de fazer perguntas, porque muito preconceito geralmente vem do medo e do mal-entendido”, diz Craggs, em entrevista ao “Guardian”. “Mas também é sobre rir. Estou apenas tentando ser o amigo trans de todo mundo. Isso torna um pouco mais real e um pouco mais humano e eles vão embora com mais do que apenas uma manicure”, explica.

O bate papo informal é uma oportunidade de entender melhor sobre o assunto e também corrigir falas possivelmente transfóbicas que estão impregnadas no nosso dia a dia. Craggs acredita no impacto positivo que uma simples conversa pode causar na sociedade.

– Homem trans que deu à luz critica enfermeiras que lhe chamaram de ‘mãe’

Muitos dos meus amigos me dizem: ‘Antes de conhecê-lo, eu era transfóbico e homofóbico.’ Então eu acho que você pode realmente mudar os corações e mentes das pessoas“, diz.

A ideia surgiu quando Craggs fazia seu projeto final do curso de moda na Universidade de Artes de Londres. Junto com o projeto, a ativista criou uma plataforma em que falar sobre o combate à homofobia, transfobia e também sobre a vida sexual e afetiva de homossexuais.

Isso me dá a chance de sentar com pessoas que nunca conheceram um trans e quebrar uma série de equívocos e preconceitos que são resultado da nossa baixa representatividade na mídia“, explica. “Quero que as pessoas vão embora com mais do que unhas feitas, quero que elas vão embora como aliadas.

Publicidade

Fotos: Instagram


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Canais Especiais Hypeness