Inspiração

Bebê recém-nascido abandonado em caixa de ovo em frio de -20ºC é resgatado na Sibéria

Vitor Paiva - 17/01/2022 às 11:18

Histórias de bebês abandonados ao relento são lamentavelmente recorrentes em todo o mundo. Um caso recente, porém, tem como diferencial e agravante o extremo contexto em que a recém-nascida foi encontrado: dentro de uma caixa de ovos, sobre uma grossa camada de neve que cobria a encosta de uma estrada no vilarejo de Sosnovka, na Sibéria – sob o frio de 20 graus negativos. A pequena foi encontrada por um grupo de adolescentes, que imediatamente telefonou a seus pais, para que o bebê fosse levado ao hospital.

A bebê encontrada e resgatada no frio siberiano

A bebê encontrada e resgatada no frio siberiano do vilarejo de Sosnovka

-Padre ‘adota’ bebê com Down abandonado: ‘Obrigado pelo presente de aniversário’

O final trágico parecia certo, mas a rapidez com que os adolescentes agiram e que os pais levaram o bebê para o hospital tornou o caso em uma história milagrosa. Segundo os médicos, a saúde da menina se encontrava estável, e o frio não havia causado maiores danos nem o temido frostbite, a mordida do frio conhecida em português como geladura ou úlcera de frio, quando a pele, a carne e outros tecidos humanos congelam e escurecem, a ponto de causar a amputação de partes – normalmente extremidades como os dedos das mãos e pés e do nariz. O bebê tinha somente dois ou três dias de vida, e se encontrava sem roupa, somente enrolado em um tecido dentro da caixa de transportar ovos.

bebê no vilarejo de Sosnovka

A pequena foi levada ao hospital a tempo de sobreviver sem sequelas

-Lacútia: uma das regiões mais frias da Rússia é feita de diversidade étnica, neve e solidão

Uma investigação imediatamente foi iniciada na região, a fim de encontrar os pais da criança que, segundo a polícia, abandonaram o bebê para a morte no congelante frio siberiano – a acusação, segundo as autoridades, será de tentativa de homicídio. Mas, para além do peso sombrio que paira sobre a situação, o final feliz da sobrevivência do bebê se ampliou com a notícia de que a justa família de um dos jovens que o encontrou na neve entrou com o pedido de adoção da pequena.

Estrada na região do vilarejo de Sosnovka, na Sibéria

Estrada na região do vilarejo de Sosnovka, na Sibéria

-Bebê é resgatado depois de ser enterrado vivo em fazenda

“Somos pais de três filhos, então ter uma filha menina é nosso sonho de longa data. Estamos torcendo para que essa chance de adotá-la nos seja concedida”, afirmou a mãe de Renat Litvinov, jovem de 16 anos e um dos adolescentes que encontrou sua futura irmã. E se o final feliz dessa inicialmente terrível história por si já soa milagroso, a data em que a criança foi encontrada, especialmente no cenário em questão torna o caso ainda mais surpreendente: a recém-nascida foi encontrada foi salva no dia 7 de janeiro, dia de Natal para as Igrejas Ortodoxas, populares na região.

Dmitry Litvinov, à esquerda, e sua esposa Anna, o casal que entrou com pedido de adoção da recém-nascida

Dmitry Litvinov, à esquerda, e sua esposa Anna, que entraram com pedido de adoção 

Publicidade

© fotos 1, 2, 4: Vesti Novosibirsk / The Siberian Times

© foto 3: Flickr


Vitor Paiva
Escritor, jornalista e músico, Vitor Paiva é doutor em Literatura, Cultura e Contemporaneidade pela PUC-Rio. Autor dos livros Tudo Que Não é Cavalo, Boca Aberta, Só o Sol Sabe Sair de Cena e Dólar e outros amores, publica artigos, ensaios e reportagens.

Canais Especiais Hypeness