Inovação

Empresário se inspira em praias de nudismo e abre barbearia naturista com clientes e funcionários sem roupa

Vitor Paiva - 26/01/2022 às 08:59

Foi pensando nos nudistas ortodoxos, daqueles que desejam fazer toda e qualquer coisa sem roupa, que o empreendedor Rodney Araujo decidiu levar o espírito de uma praia de nudismo para dentro de seu negócio.

Aos 28 anos, o cearense criou em Fortaleza a primeira barbearia nudista, oferecendo os mais diversos serviços típicos dos salões com esse determinante diferencial: o atendimento é oferecido funcionários completamente nus. Inspirado por sua experiência nas praias, Araújo inaugurou a Barbearia Naturista há 9 meses, e já possui duas filiais na capital.

 Rodney Araujo

O empreendedor Rodney Araujo fundou a primeira barbearia nudista

-Paris ganha o primeiro restaurante onde os clientes jantam completamente nus

Antes de inaugurar a Barbearia Naturista, no passado Araújo tinha um centro de estética e bronzeamento para homens e mulheres vestidas.

A ideia de tirar a roupa de funcionários e clientes surgiu da necessidade de ser reinventar a partir do lockdown imposto pela pandemia – a pergunta sugerida pela novidade era uma só: se existe praia de nudismo, por que não podem ser oferecidos outros serviços naturistas? O jovem buscou um amigo barbeiro que topou a empreitada, encontrou funcionários que também aderiram à aventura, e decidiu começar o inusitado empreendimento.

Barbearia Naturista

A Barbearia Naturista foi fundada há 9 meses

-Nudistas adeptos do amor livre podem ser despejados por sexo sem limites

As primeiras divulgações comprovaram que a intuição de Araújo parecia estar certa, e que havia publico para a Barbearia Naturista – rapidamente muita gente agendou uma primeira visita, e um público fiel começou a ser criado.

Como seria de se esperar, a novidade também atraiu muitas críticas, preconceitos e até mesmo difamação – Araújo revela que dava aula de dança na comunidade em que vivia quando criou a barbearia, e as primeiras entrevistas sobre a novidade fizeram com que até mesmo alguns alunos se voltassem contra ele, que vem de uma família evangélica.

 Rodney Araujo

Antes de fundar a Barbearia Naturista, Rodney tinha um centro de estética para homens e mulheres – vestidas

-Talibã volta a proibir homens de apararem ou rasparem a barba no Afeganistão

As críticas e reações negativas não inibiram o sucesso do empreendimento, que hoje oferece cortes de cabelo, barba, banho de lua, depilação, limpeza de pele e massagem, entre outros serviços, em duas filiais, uma no Bairro Parangaba e outra na famosa Praia de Iracema – enquanto os clientes tem a opção de ficarem nus, de cueca, toalha ou roupão para serem atendidos, os funcionários trabalham sempre sem roupa.

E as regras são claras: não é permitido tocar os funcionários, nem fotografar ou filmar o ambiente – os celulares, portanto, são proibidos – e é obrigatório que o cliente saia da Barbearia Naturista com a barba, o cabelo, a pele e o espírito melhores do que quando entrou.

 Rodney Araujo

No início Rodney foi alvo de críticas, mas sua barbearia nudista revelou-se um sucesso

Publicidade

© fotos: Arquivo Pessoal/Reprodução


Vitor Paiva
Escritor, jornalista e músico, Vitor Paiva é doutor em Literatura, Cultura e Contemporaneidade pela PUC-Rio. Autor dos livros Tudo Que Não é Cavalo, Boca Aberta, Só o Sol Sabe Sair de Cena e Dólar e outros amores, publica artigos, ensaios e reportagens.

Canais Especiais Hypeness