Ciência

Fóssil gigante de ‘dragão do mar’ encontrado na Inglaterra detalha vida do maior predador marinho

Redação Hypeness - 13/01/2022 | Atualizada em - 18/01/2022

A descoberta de um grande fóssil de ictiossauro em um parque em Rutland, na Inglaterra, provocou um questionamento em princípio intrigante, a partir de um par de detalhes relevantes: o Ictiossauro era um animal marinho, e a reserva natural onde a ossada foi encontrada se localiza a cerca de 50 quilômetros do oceano mais próximo.

O que para os curiosos pode parecer um mistério é facilmente explicado pela comunidade científica: há cerca de 200 milhões de anos, o nível do mar era consideravelmente mais alto, e a região onde se localiza o parque era coberta por uma espécie de “oceano raso”, por onde o animal também podia nadar.

fóssil de ictiossauro

O imenso fóssil foi encontrado na Inglaterra em janeiro de 2021

-Bebê dinossauro encontrado por cientistas prestes a sair do ovo rende imagens incríveis

‘Dragão do mar’

Com cerca de 180 milhões de anos e conhecido como “dragão dos mares”, o Ictiossauro não era, na realidade, um dinossauro, mas sim um réptil marinho de sangue quente, bastante similar aos golfinhos da atualidade, que viveu ao mesmo tempo que os dinossauros.

Com aproximadamente 10 metros, a ossada de Rutland é uma das maiores e mais completas já encontradas desse verdadeiro gigante marinho, que viveu entre 250 milhões e 90 milhões de anos atrás, e alcançava até 25 metros de comprimento, alimentando-se de pequenas presas como lulas e peixes, mas também de répteis marinhos de grande porte.

fóssil de ictiossauro

O fóssil de ictiossauro foi descoberto durante a drenagem de uma lagoa no local

-Argentina pode ter sido casa do maior animal terrestre da história

A descoberta do fóssil se deu por acaso, quando Joe Davis, líder da equipe de conservação do Rutland Water Nature Reserve, parque e reserva natural de Rutland, um pequeno condado no centro da Inglaterra, saiu na missão de drenar uma lagoa no local, e avistou alguns ossos no solo.

O que ele ainda não sabia era a importância de sua descoberta, ocorrida em janeiro de 2021: inicialmente Davis pensou se tratar de um dinossauro, mas ao enviar fotos da ossada para Dean Lomax, paleontólogo da Universidade de Manchester, eles rapidamente concluíram que se tratava de algo especial.

fóssil de ictiossauro

Reprodução artística de como seria à época o animal

-Meio ambiente: conheça o fóssil de baleia de 4 pernas encontrado no Egito

Não era, afinal, um dinossauro, mas sim o imenso réptil aquático, e tudo indica que o Ictiossauro encontrado é o mais completo esqueleto de um grande réptil pré-histórico já descoberto no Reino Unido. Dos 10 metros de comprimento do animal, somente o crânio possui mais de 2 metros de extensão.

O fóssil ainda se encontra em processo de remoção da pedra em que foi descoberto, mas as milhares de fotos e muitas horas de estudo já servem de base para o desenvolvimento de um modelo 3D da ossada do dragão dos mares de cerca de 180 milhões de anos atrás.

fóssil de ictiossauro

O fóssil segue sendo removido corretamente da pedra no local

Publicidade

© foto 1: Matthew Power

© fotos 2, 3, 4: Anglian Water


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Notice: date_default_timezone_set(): Timezone ID 'UTC-3' is invalid in /var/www/html/wordpress/wp-content/themes/hypeness-new/part/home/brand-channel.php on line 29

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.