Inspiração

Marca esportiva vai levar atletas amadoras para a Maratona de Paris

Redação Hypeness - 28/01/2022 às 08:46

Patrocinadora da Maratona de Paris, uma das mais tradicionais corridas de rua do mundo, que ocorre no próximo dia 3 de abril, a ASICS promove um projeto especial que levará corredoras brasileiras à França para correr a prova. Nesta empreitada, a marca promove um processo de preparação para seis atletas amadoras, que inclui uma série de treinamentos, avaliações, mentoria, além de eventos exclusivos.

Para fortalecer essa ideia, foi criado o grupo ASICS Lume Club, cujo objetivo é inspirar e motivar mais mulheres na corrida. A ideia é trazer diferentes mulheres, cada uma com seus próprios desafios pessoais, que compartilharão histórias pessoais e esportivas com o público. Ao longo do processo, elas receberão treinamento individualizado, avaliações, produtos e ações preparatórias especiais.

As corredoras

As seis participantes foram escolhidas para representar o Brasil e o projeto, e terão, cada uma, um desafio próprio até Paris. São elas:

Gisa Oliveira, chef de cozinha e corredora, tem como objetivo fazer sua primeira maratona aos 42 anos.

Andressa Lopes, atleta amadora, cujo desafio será fazer uma prova abaixo das 3 horas.

Paula Narvaez, que é influenciadora e estudante de nutrição, quer promover inspiração como corredora aos 40 anos aliada à rotina de trabalho, maternidade e conciliar estudos.

Fernanda Marques já é corredora da marca e terá na Maratona de Paris seu pico de superação, correndo sua primeira maratona após vencer o câncer.

Ludmilla Maschion também é ASICS FrontRunner e quer buscar inspiração no projeto e nas companheiras em seu retorno às maratonas.

Além das cinco, participa também a jornalista Marina Ferrari, que fará a cobertura do projeto até o dia da Maratona.

As atletas terão, durante o processo, mentoria da atleta ASICS e maratonista Adriana Silva (recordista brasileira em maratonas, bicampeã pan-americana da maratona e com participação em duas Olimpíadas).

O treinador Marcelo Avelar, consagrado corredor de rua em todo o mundo e um dos idealizadores do projeto Corredores da Zona Norte, será responsável pelo acompanhamento dos treinos, com diagnósticos e análise da evolução de cada atleta. As participantes ainda terão acompanhamento na Ultra Sport Science, renomado centro de reabilitação e performance esportiva. Nesse período, elas terão à disposição médico do esporte, nutricionista, avaliação fisiológica, biomecânica e neuromuscular.

Representatividade feminina

Além de toda a emoção das participantes por terem a possibilidade de fazer parte de uma das maratonas mais famosas do mundo, a marca destaca o quanto é valioso o fortalecimento da mulher na corrida. “Precisamos falar disso, engajar, incentivar e ocupar os espaços. Elas trazem toda a potência para essa ideia”, afirma Constanza Novillo, diretora de marketing da ASICS Brasil e América Latina.

Corredores na Maratona de Paris cruzando Place de la Concorde.

A primeira Maratona de Paris ocorreu em 1896 e hoje é a 2ª maratona mais popular do mundo, reunindo mais de 60.000 participantes. Durante a pandemia de COVID-19, a prova teve de ser cancelada por conta dos riscos à saúde pública – o que aumenta ainda mais as expectativas para a prova de 2022.

Publicidade

Fotos: Reprodução/Instagram e Getty Images


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Canais Especiais Hypeness