Debate

Acusado de estupro, Mason Greenwood, atacante do Manchester United, é afastado do clube e tem contrato suspenso com a Nike

Vitor Paiva - 14/02/2022 às 15:42 | Atualizada em 15/02/2022 às 10:59

O clube inglês Manchester United vem tomando diversas medidas para desassociar sua marca do atacante Mason Greenwood, preso recentemente após ser acusado criminalmente de estupro, violência sexual e ameaça por sua ex-namorada.

O jogador foi afastado em prazo indefinido ou até a resolução do caso, e os produtos relacionados foram retirados da loja oficial do time – que informou aos torcedores que oferecerá troca gratuita para quem tiver adquirido nas lojas dos red devils, como o clube é conhecido, ou da Adidas, a camisa com o nome do jogador.

atacante Mason Greenwood

Acusado de estupro, o atacante Mason Greenwood foi afastado do Machester United

-Mulher é estuprada em metrô da Filadélfia, passageiros filmam, mas não ajudam

As trocas poderão ser realizadas a partir de março, e incluem as camisas do modelo replica, o mais popular e mais vendido – o nome do jogador também não está mais disponível para ser adicionado às camisas na loja virtual do Manchester United.

A Nike também anunciou o rompimento do contrato e de todas as relações comerciais com o atacante de 20 anos: “Mason Greenwood não é mais um atleta da Nike”, diz o comunicado da empresa. O jogador também foi removido do jogo de videogame Fifa 22.

Prisão do atacante Mason Greenwood

Policiais chegam à casa de Greenwood na cidade inglesa de Manchester

-Viih Tube revela estupro sofrido aos 16 anos e diz ser ‘obrigada a conviver com quem me estuprou’

Acusação de estupro e agressão 

A prisão de Greenwoold aconteceu no dia 30 de janeiro, após Harriet Robson, ex-namorada do jogador, de 18 anos, postar uma série de fotos, vídeos e áudios nas redes sociais mostrando ferimentos e registros de prováveis agressões, abusos e ameaças cometidas contra a jovem pelo atleta.

O jogador permaneceu detido por três dias na cidade de Manchester, e foi liberado após pagamento de fiança. No dia seguinte, o porta-voz do United reiterou que a liberação não representava seu retorno ao clube, e que o afastamento segue valendo no mínimo até a conclusão do caso.

Cristiano Ronaldo

Cristiano Ronaldo, companheiro de time, deixou de seguir Greenwood nas redes sociais

-Robinho aparece preocupado em novas gravações: ‘Oito cara ‘rangaram’ a mina’

Robinho condenado 

Nos últimos dias, companheiros de time como Cristiano Ronaldo, Edison Cavani e Victor Lindelof deixaram de seguir Greenwood nas redes sociais, e a imprensa inglesa afirma que a decisão do clube de afastar o jogador teria “rachado” a equipe.

Robinho só não jogou no Santos à beira da condenação por causa de pressão nos patrocinadores

O ocorrido lembra o caso envolvendo o jogador brasileiro Robinho, julgado e condenado em última instância a 9 anos de prisão na Itália pelo estupro coletivo de uma jovem, cometido em janeiro de 2013. A diferença é que, mesmo condenado em primeira instância, o jogador chegou a ser contratado pelo Santos, que só voltou atras por causa das reações negativas e a pressão de patrocinadores que levaram o contrato a ser suspenso.

Greenwood

O jogador permaneceu preso por três dias, mas foi liberado mediante pagamento de fiança

Publicidade

© fotos 1, 2, 4: Getty Images

© foto 3: CC


Vitor Paiva
Escritor, jornalista e músico, Vitor Paiva é doutor em Literatura, Cultura e Contemporaneidade pela PUC-Rio. Autor dos livros Tudo Que Não é Cavalo, Boca Aberta, Só o Sol Sabe Sair de Cena e Dólar e outros amores, publica artigos, ensaios e reportagens.

Canais Especiais Hypeness