Viagem

‘Cachoeira de fogo’: entenda fenômeno que parece lava e atraiu milhares nos EUA

Redação Hypeness - 22/02/2022 às 09:47 | Atualizada em 24/02/2022 às 10:32

Milhares de pessoas se reúnem todos os anos para ver um espetáculo da natureza no Parque Nacional de Yosemite, na Califórnia. Em meados de fevereiro, o fenômeno natural apelidado de firefall – alusão à cachoeira, waterfall, mas de fogo – atrai turistas de todo o país.

O fenômeno ocorre quando a luz do sol minguante atinge Horsetail Fall na famosa face rochosa de El Capitan. A cachoeira é iluminada pelo sol poente, criando uma faixa laranja que lembra um fluxo de lava. Tudo depende da luz e da quantidade de neve que está descongelando em cada ano. Assim, nunca é possível ter certeza absoluta de que vai acontecer a magia.

-O mistério da cachoeira que tem uma chama que nunca se apaga

O melhor momento para ver a queda de fogo é geralmente em fevereiro, quando a pequena Cachoeira da Cavalinha está cheia por conta das chuvas de inverno. Mas em outubro, as chuvas foram mais intensas, cachoeira encheu mais do que o esperado e a cascata de fogo reapareceu.

O ponto ideia para ver o fenômeno é a área de piquenique El Capitan, na Northside Drive. O parque recomenda estacionar em Yosemite Falls e caminhar 2,4 km até a área de piquenique.

-O incrível fenômeno que infestou as montanhas da Califórnia de papoulas laranjas

A história da cachoeira de fogo

O Yosemite Firefall iniciado em 1872 por James McCauley, proprietário do Glacier Point Mountain House Hotel. Todas as noites no verão, McCauley acendia uma fogueira à beira de Glacier Point para entreter seus convidados. Ele então apagou o fogo chutando as brasas fumegantes sobre a borda do penhasco.

Enquanto as brasas brilhantes caíam milhares de pés no ar, elas foram vistas por visitantes abaixo no vale de Yosemite. Em pouco tempo, as pessoas começaram a pedir para ver a “Cachoeira de Fogo”. Percebendo uma oportunidade de negócios, os filhos de McCauley começaram a pedir doações aos visitantes do vale de Yosemite e transformar o evento em uma tradição. Eles então transportaram madeira extra para Glacier Point para construir fogueiras maiores, resultando em cachoeiras mais deslumbrantes – e também mais nocivas ao parque.

Depois de 25 anos, o evento parou de acontecer até que, vários anos depois, o proprietário do hotel Yosemite Valley, David Curry, ouviu seus convidados relembrando o Firefall, e assumiu a responsabilidade de restabelecer o espetáculo para ocasiões especiais.

Ele também acrescentou alguns floreios dramáticos de sua autoria. Depois que seus funcionários construíram uma fogueira em Glacier Point, Curry gritava em voz alta: “Olá, Glacier Point!” Depois de receber um alto “Olá” em resposta, Curry trovejava: “Deixe ir, Gallagher!” ponto em que as brasas eram empurradas sobre a borda do penhasco.

-Fenômeno natural impressionante dá efeito lisérgico na água do mar

Em 1968 a prática de jogar o fogo penhasco abaixo foi finalmente banida. Mas ainda é possível ver o fenômeno natural em anos favoráveis. Vale ficar de olho para o próximo!

Publicidade

Fotos: Getty Images


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Canais Especiais Hypeness