Debate

Cachorra Pandora encontrada: reviva saga de 45 dias de tutor em busca de sua amada cadela em SP

Redação Hypeness - 02/02/2022 às 10:20

A cachorra Pandora, desaparecida durante uma conexão de voo em Guarulhos, finalmente voltou para seu dono, o garçom Reinaldo Junior. Depois de 45 dias desaparecida, a cadelinha Pandora foi encontrada por empregados do Terminal 3 do Aeroporto Internacional de Guarulhos debaixo de uma ponte nas redondezas.

A saga por Pandora durou 45 dias

Depois de um contato com Terezinha, mãe de Reinaldo, que se emocionou e chegou a desmaiar, Pandora foi levada para a casa onde o dono estava hospedado, na Grande São Paulo. Em suas redes sociais, Reinaldo se emocionou e não conseguiu sequer descrever o momento. “Achei minha filha. Tem muito o que falar, não. Acharam ela. Tenho palavras agora não”.

– Cachorro Golden morre após voo Rio-SP e tutora acusa companhia aérea 

A cachorrinha vira-lata estava em um voo da Gol, partindo de Recife a Navegantes, em Santa Catarina, no compartimento de carga do avião. A viagem de Reinaldo para Santa Catarina seria apenas por alguns dias, antes dele seguir para a Suíça, onde tinha uma oportunidade de emprego.

Com o desaparecimento da cachorra e a comoção que se formou em torno da história, Ronaldo perdeu tudo. “Perdi minha cachorra, meu emprego, minha viagem e 16 quilos nessa busca por Pandora. Ela ficou debilitada de um lado e eu do outro. Mas o importante é que ela está de volta comigo”, declarou ao G1.

Segundo Ronaldo e seu advogado, a Gol pagou pela hospedagem do tutor de Pandora e sua mãe desde o dia 15 de dezembro, quando o caso aconteceu. Mas no início de janeiro foram tirados do hotel e tiveram que entrar na justiça contra a empresa, recuperando a hospedagem. Afirmam ainda que tanto a companhia quanto o aeroporto não colaboraram para que fizessem mais buscas pela cachorra perdida.

– Mulher envia cachorro para banho em pet shop e recebe animal morto; entenda 

Em nota, a Gol informou que “recebeu com alegria, por meio da mãe do tutor, a informação de que a Pandora foi encontrada e passa bem. A Companhia imediatamente ofereceu assistência adicional, como consulta veterinária, e destinou um colaborador para acompanhar no que fosse necessário – auxílios que foram negados pelo dono da cachorrinha. A GOL fica à inteira disposição para levá-los de volta para casa, assim que estiverem prontos para viajar em segurança”.

Publicidade

Fotos: Reprodução/Instagram


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Canais Especiais Hypeness