Debate

Comissária usa cafeteira para impedir que passageiro abra porta e salva voo

Vitor Paiva - 21/02/2022 às 10:12

Em mais um incidente envolvendo passageiros descontrolados durante voos nos EUA, situação que vem se repetindo recentemente tal qual uma epidemia comportamental no país, um homem de 50 anos chamado Juan Remberto Rivas teve de ser golpeado por uma comissária e amarrado por outras pessoas a bordo após tentar abrir a porta do avião durante a viagem. A perigosa ocorrência aconteceu no domingo, dia 13 de fevereiro, no voo AA-1775 da American Airlines, que inicialmente iria de Los Angeles até Washington, mas que teve de ter sua rota desviada rapidamente por conta da confusão.

American Airlines

A situação aconteceu em um voo da American que iria de Los Angeles para a capital do país

-Voo é desviado nos EUA após passageiro quebrar nariz de aeromoça com um soco

Segundo relatos, Rivas vinha apresentando comportamento apontado como errático, indisciplinado e ameaçador e, antes de ser detido, tentou arrombar o cockpit – em seguida, o homem, que é morador do estado da Califórnia, forçou a porta dianteira da aeronave modelo A321neo. “Devido a um passageiro indisciplinado que exibiu um comportamento errático, acabou sendo dominado por nossa tripulação com a ajuda de outros passageiros. O voo pousou com segurança no Aeroporto Internacional de Kansas City”, revelou a companhia aérea, em comunicado.

O passageiro sendo detido pela polícia, já em solo de Kansas City, após o pouso de emergência

O passageiro sendo detido pela polícia, já no solo de Kansas City, após o pouso de emergência

-Homem que pulou de avião em movimento é condenado à prisão

De acordo com o registro do ocorrido no site do Departamento de Justiça do Missouri, estado onde o avião teve de pousar, Rivas tem 1,90 metro de altura e 108 quilos, e tentava abrir a porta puxando a alça com as duas mãos e utilizando o peso do próprio corpo como alavanca quando foi golpeado por uma aeromoça. A comissária teria acertado a cabeça do homem duas vezes com uma cafeteira, para que um grupo de passageiros, que incluía um policial, pudesse enfim imobilizá-lo e afastá-lo da porta, enquanto o voo já se dirigia para o pouso de emergência. A equipe do voo AA-1775 confirmou à polícia que não serviu nenhuma bebida alcoólica a Rivas durante a viagem.

-Passageiro é removido após tirar as calças em avião antes da decolagem

Após o avião pousar com segurança no Aeroporto Internacional de Kansas City, Rivas recebeu atendimento médico e em seguida foi preso, em momento registrado em vídeo e publicado no Twitter por um dos passageiros presentes – após a detenção de Rivas, o voo seguiu para Washington. De acordo com a Administração Federal de Aviação, nos EUA, houve um aumento significativo de situações ameaçadoras envolvendo passageiros durante voos no país, com 85% dos comissários tendo de lidar com pessoas agressivas em viagens, em um total de 5.981 incidentes registrados no período.

Um agente do FBI informando aos passageiros a resolução da situação antes do voo seguir para Washington

Um agente do FBI informando aos passageiros a resolução da situação antes do voo seguir

Publicidade

© fotos 1: Flickr/CC

© fotos 2, 3: Twitter/reprodução


Vitor Paiva
Escritor, jornalista e músico, Vitor Paiva é doutor em Literatura, Cultura e Contemporaneidade pela PUC-Rio. Autor dos livros Tudo Que Não é Cavalo, Boca Aberta, Só o Sol Sabe Sair de Cena e Dólar e outros amores, publica artigos, ensaios e reportagens.

Canais Especiais Hypeness