Design

Conheça o projeto do símbolo da paz, concluído por Gerald Holtom em fevereiro de 1958

Roanna Azevedo - 24/02/2022 às 18:53

Você sabia que o símbolo da paz foi originalmente elaborado para representar o ativismo antinuclear britânico? Como resposta à ameaça de aniquilação gerada por esse tipo de armamento, ele foi projetado pelo designer Gerald Holtom e concluído em 21 de fevereiro de 1958. Nesse dia, o artista apresentou sua criação para Direct Action Committee, que o aprovou imediatamente.

A história de como a forma de coração se tornou símbolo do amor

O desenho original do símbolo da paz/antinuclear, criado por Gerald Holtom.

O artista e designer Gerald Holtom (1914–1985).

O símbolo foi usado pela primeira vez em abril do mesmo ano, durante uma passeata que foi da Trafalgar Square, em Londres, até o Atomic Weapons Research Establishment at Aldermaston, na cidade de Berkshire. Já nos anos 1960, foi adotado pelo movimento pacifista dos Estados Unidos, sendo ressignificado como um sinal genérico da paz mundial.

Entenda origem de símbolo usado por neonazista exibido pela extrema-direita em protesto em SP

Apesar da reinterpretação dos americanos, o símbolo continuou a representar o movimento antinuclear britânico nos anos 1980. Ele se tornou o distintivo da Campaign for Nuclear Disarmament (CND), que se opõe ao uso de armas de destruição em massa e a existência de centrais nucleares até os dias de hoje.

Passeata no Reino Unido contra o armamento nuclear.

O design do símbolo é baseado nas letras “N” e “D” de acordo com o código semafórico. O objetivo era fazer com que o “N” significasse “nuclear” e o “D”, “disarmament”. Juntas, as duas formam o termo “desarmamento nuclear”, em tradução para o português.

A história da cor verde: de pigmento venenoso a símbolo do meio ambiente

As letras “N” e “D” no código semafórico.

“The Third of May 1808”, de Francisco Goya, 1814.

Outra referência usada como inspiração por Holtom foi a pintura “The Third of May 1808”, de Francisco Goya. A intenção do designer era criar algo parecido com a pose do camponês retratado na obra: braços esticados para cima em sinal de desespero. A única diferença é que, no símbolo, o traço que representa os braços estão voltados para baixo.

O desenho original do símbolo da paz está exposto no Peace Museum, em Bradford, Inglaterra.

Esboços originais de Gerald Holtom para o símbolo de protesto antinuclear/símbolo da paz.

Publicidade

Fotos 1 e 6: Reprodução/Gerald Holtom

Foto 2, 3 e 4: Reprodução

Foto 5: Reprodução/Museo Nacional del Prado


Roanna Azevedo
Diretamente da zona norte do Rio, é jornalista por profissão e curiosa por conta própria. Ama escrever sobre cinema e o universo do entretenimento há mais de dois anos. Tem paixão por tudo que envolve cultura, música, arte e comportamento, além de ficar sempre ligada no que rola no mundinho da comunicação nas redes sociais.

Canais Especiais Hypeness