Ciência

Dinossauro é encontrado dentro do estômago de crocodilo que viveu há 145 milhões de anos

Redação Hypeness - 18/02/2022 às 10:24 | Atualizada em 17/03/2022 às 10:16

Um dinossauro foi encontrado dentro do estômago de um crocodilo que viveu há 145 milhões de anos por paleontólogos australianos. Tratava-se de um fóssil de crocodilo com o abdômen muito bem preservado encontrado em 2010, que guardava, na verdade, uma bela surpresa. No interior da barriga do réptil estava um dinossauro ornitópode, espécie herbívora. A descoberta aconteceu na cidade de Queensland.

– Jacaré morde e dá ‘giro da morte’ com mão de funcionária de zoo na boca; veja vídeo
– Bebê dinossauro encontrado por cientistas prestes a sair do ovo rende imagens incríveis

A ossada da cabeça do crocodilo.

Pelas pesquisas, os cientistas estimam que o crocodilo seja um Confractosuchus sauroktonos, espécie que viveu na região há cerca de 145 milhões de anos. Ele media cerca de 2,5 metros

“Esses conteúdos intestinais representam estranhamente os primeiros restos esqueléticos registrados de ornitópodes da região e podem representar uma nova espécie”, dizem os pesquisadores no artigo publicado na revista científica “Gondwana Research”.

Os restos fossilizados do animal compreendem um crânio quase completo e o esqueleto pós-craniano sem cauda e membros posteriores foram encontrado em uma formação geológica conhecida como Formação Winton.

O Confractosuchus sauroktonos representa apenas o segundo crocodiliforme descoberto na Formação Winton. O outro, Isisfordia duncani, compreende vários esqueletos semiarticulados e parcialmente completos“, afirmou o Dr. Matt White, paleontólogo do Museu Australiano da Era dos Dinossauros e do Centro de Pesquisa de Paleociência da Universidade da Nova Inglaterra.

– Pegada gigante de dinossauro é encontrada no interior da Inglaterra

A descoberta se torna ainda mais impressionante porque, segundo os pesquisadores, comer dinossauros não era um prato típico das refeições do crocodilo. “Mas ele não deixaria de lado uma refeição fácil, como os restos jovens de ornitópodes encontrados em seu estômago”, explicou White.

– Jacaré e o giro da morte: quais os animais com as mordidas mais fortes do mundo

Dada a falta de espécimes globais comparáveis, este crocodilo pré-histórico e sua última refeição continuarão a fornecer pistas sobre as relações e comportamentos dos animais que habitaram a Austrália há milhões de anos”, completou.

Publicidade

Fotos: Australian Age of Dinosaurs Museum/Divulgação


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Canais Especiais Hypeness