Debate

Depois de achar que era cega por 15 anos, mulher recupera a visão

Redação Hypeness - 08/02/2022 às 10:29

Um diagnóstico sempre pode ter falhas, mas uma mulher nos Estados Unidos viveu 15 anos completamente cega por conta de um laudo médico equivocado. Hoje ela recuperou a visão e pode finalmente ver seus netos.

Connie Parke sempre viveu em uma pequena cidade de Montana, que ela conhecia como a palma de sua mão. Até que, em 2003, sua visão foi ficando cada vez pior, até que ela não conseguia trabalhar nem dirigir – além de quase ter botado fogo na cabana em que vivia com o marido e os filhos.

Parke foi então a um oftalmologista local que disse que ela tinha glaucoma, doença que causa um deslocamento da retina, e que não havia nada que ele pudesse fazer. Magoada, ela praticamente não foi mais ao médico e simplesmente aceitou sua nova realidade.

“Eu estava me perdendo, caindo de escadas, caindo de escadas e incendiando a mim mesma e minha casa. Perdi mais de 85% da minha visão em cinco meses e meio”, disse ela ao The Mirror.

Em uma tentativa de recuperar sua independência, Parke se mudou para Denver, Colorado, em 2004, e se matriculou em uma escola para cegos, onde aprendeu a usar bengala, ler Braille e se locomover a pé e de ônibus. Determinada a não deixar a perda de visão impedir sua vida, Parke continuou a fazer as atividades ao ar livre que gostava, mas algumas partes do dia-a-dia se tornaram difíceis.

Uma nova chance de enxergar

Em 2018, Parke foi encaminhada ao UCHealth Sue Anschutz-Rodgers Eye Center, em Aurora, onde um oftalmologista lhe disse que, na verdade, ela sofria de catarata muito densa, não de retina descolada. O grande alívio veio e ela foi informada que poderia fazer uma cirurgia bastante simples para enxergar o mundo de novo.

A catarata é uma das condições mais comuns do olho em adultos. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), hoje a doença é responsável por 51% dos casos de cegueira no mundo, o que representa cerca de 20 milhões de pessoas. Segundo a Sociedade Brasileira de Oftalmologia (Sigla), por ano surgem cerca de 550 mil novos casos no Brasil. A cirurgia que repara os olhos é bastante simples e tem ótimos resultados na maioria dos casos.

Parke passou por uma cirurgia no olho direito em novembro e no olho esquerdo duas semanas depois, restaurando sua visão completamente. A mulher de 59 anos agora trabalha como balconista na UHealth e está gostando de ser uma avó ativa de seus oito netos, sete dos quais ela nunca tinha visto antes deste novo diagnóstico.

Embora chegar a um acordo com sua aparência envelhecida foi difícil para Parke, ela ficou feliz em ver mais uma vez seu marido, Robert – ainda se referindo a ele como “o homem mais bonito de todos os tempos”. O casal tem planos de revisitar os lugares para os quais viajaram enquanto Parke estava cega e espera abrir uma fazenda de árvores de Natal.

Falando à UCHeath, o oftalmologista de Parke, Jeffrey SooHoo, disse que teve o cuidado de não prometer resultados perfeitos – e até ele ficou surpreso com o retorno dela à visão “completamente normal”.

“Tenho muitas experiências significativas com pacientes, mas esta é uma que realmente se destaca em termos de fazer a diferença na vida de alguém”, disse ele.

Publicidade

Fotos: Connie Parke por UCHealth / SWNS


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Canais Especiais Hypeness