Debate

‘Gostosofobia’: termo dito por Solange Gomes volta após mulher ser xingada por usar macaquinho na escola do filho

Redação Hypeness - 14/02/2022 às 12:55 | Atualizada em 14/02/2022 às 14:16

Na semana passada, noticiamos que a modelo Vanesa Medina foi vítima de xingamentos depois de levar seu filho para escola usando macaquinho. A Miss Fitness boliviana foi duramente hostilizada nas redes sociais depois que uma mulher publicou, no Facebook, um vídeo xingando Medina e pedindo que ela fosse banida de ambientes escolares.

gostosofobia

A Miss Fitness Bolívia foi atacada nas redes sociais por usar uma peça curta na hora de levar seu filho para a escola; usuários apontaram “gostosofobia”

Entenda a história: Mulher é xingada por vestir macaquinho para levar filho à escola

O caso acabou viralizando e foi muito comentado no Twitter com enfoque no conceito de “gostosofobia”, retirado do reality show ‘A Fazenda’.

O conceito de gostosofobia

O jornal Extra trouxe um debate sobre o tema da “gostosofobia” e até chamou  psicóloga Aline Cataldi, que atua na área cognitivo-comportamental e é mestre em Saúde Mental, para debater o tema.

– Modelo desconvidada de casamento por ser ‘muito bonita’ diz que ‘elegância é rejeitada’

Solange Almeida cunhou o termo gostosofobia, mas ideia não é aceita pela psicologia

O termo “gostosofobia” foi cunhado pela modelo e ícone nacional Solange Almeida durante sua participação na última edição do reality show “A Fazenda”.

“As pessoas acham que eu ‘ah, bonitona, não sei o que’. Primeiro que acham que eu tenho 50 homens: um, paga uma conta, outro dá um carro, outro não sei o que. É isso que passa na cabeça das pessoas e é o contrário, não é nada disso. É o que eu falei do preconceito, da gostosofobia”, disse ela durante o programa.

– ‘Gari magia’ reforça fixação da sociedade por padrões de beleza quase inatingíveis

De acordo com a psicóloga que conversou com o Extra, é natural que mulheres mais próximas do padrão de beleza causem inveja. Mas, para ela, o termo “gostosofobia” não é correto, mas eventos que envolvem esse tipo de preconceito podem ocorrer.

“Uma mulher gostosa sem dúvida pode gerar inveja em muitas outras. Acredito que muitas nem querem andar perto por se sentirem menores. Porque podem pensar que não serão olhadas pelos homens. Mas, neste quadro, a pessoa que pode vir a se sentir inferior de alguma forma, esta sim deveria buscar uma terapia para obter ajuda a fim de lidar com essas questões de sentimento de inferioridade, inveja, se for algo exagerado, e autoestima”, explica ao Extra.

“Respeito as mulheres ditas gostosas que sentem essa rejeição por parte de outras ou outros. Mas só não aceito o termo gostosofobia porque ele não se encontra em nenhum manual de psiquiatria e nem mesmo aprendemos isso em faculdade de psicologia”, acrescentou ela ao jornal.

Entretanto, para ela, “a pessoa que é bela e que possuiu um corpo escultural, todo trabalhado, pode sofrer algum tipo de preconceito, julgamento e inveja por pessoas que não possuem tal corpo”.

Publicidade

Fotos: Reprodução/A Fazenda


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Canais Especiais Hypeness