Gastronomia

Jaca de mil reais vendida em mercado de rua em Londres viraliza nas redes

Redação Hypeness - 21/02/2022 às 14:22

Brasileiros que viajam pelo mundo já se chocaram com valores surreais cobrados por frutas. Desde banana embalada individualmente a uma manga de quase $ 1500 dólares, a Ásia sempre foi campeã em idolatrar itens que podem ser colhidos do pé por essas bandas. Agora, a imagem de uma jaca vendida por 160 libras ou R$ 1.120 (na cotação atual) bugou a internet.

O registro da fruta foi feito pelo repórter Ricardo Senra, da BBC, em fevereiro desde louco 2022. A jaca de mil reais, vendida em uma barraca do Borough Market, o mercado mais famoso de Londres, viralizou no Twitter .

Com mais de 4 mil compartilhamentos e quase 100 mil curtidas, a foto da caríssima jaca foi apenas a primeira compartilhada na rede social. O valor chocou quem vive no Brasil, mas fez algumas pessoas que moram no exterior compartilharem também suas experiências.

Além de ser encontrada em muitas cidades grandes e praias do Brasil, a jaca pode ser comprada por menos de R$ 5 – ainda que os preços dos alimentos estejam completamente surreais nesses tempos. Ainda que divida opiniões sobre seu sabor, a jaca é versátil e pode ser usada ainda verde para fazer comidas salgadas ou madura para doces e compotas.

O repórter aproveitou a repercussão da imagem para investigar o porquê dos valores astronômicos da jaca no país da rainha. O primeiro ponto que favorece o aumento do valor é o lugar onde o produto é vendido. Mesmo aqui no Brasil, um produto pode triplicar de valor dependendo de onde é comprado – vide o caju vendido no nordeste e no sudeste.

A jaca, por exemplo, é um problema em algumas cidades do Brasil, podendo ser colhida na rua e chegando até a ser doada para escoar a produção. A fruta é pesada, pode atingir pessoas e veículos, causando ferimentos e prejuízos. Ela também amadurece muito rápido e exala um aroma forte que desagrada a muita gente.

A fruta, que pode chegar a 40kg, não é nativa do Brasil, mas se adaptou muito bem ao clima da Mata Atlântica. Chega a ser uma praga em muitas localidades.

Na Floresta da Tijuca, as equipes trabalham constantemente para a remoção pois a jaca afeta a biodiversidade da mata. A jaca tem uma quantidade interminável de caroços e, quando amadurece e cai no chão, se espalha e gera novas jaqueirinha. Além disso, ela é uma planta alelopática, ou seja, tem uma substância que não permite o desenvolvimento de outras espécies no seu entorno.

Popularização da jaca

A jaca ficou bastante popular entre vegetarianos e veganos, que a utilizam como substituta da carne em diversos pratos. A jaca ainda verde e dura, quando cozida tem textura desfiada similar à carne e pode ser temperada para garantir mais sabor. O único problema está no tempo de amadurecimento da fruta, que é rápido. Depois de madura, a carne da jaca fica doce e mole.

O repórter Ricardo Senra apurou que é possível ainda comprar jaca enlatada nos supermercados britânicos por três libras (R$ 21), mas como qualquer conserva, muda o sabor do produto.

Apesar de todas as dificuldades, que passam ainda pelo alto valor de frete e da dificuldade de manuseio da fruta por seu tamanho e característica perecível, estudos recentes apontam para uma expansão do mercado internacional de jaca.

A consultoria IndustryARC estima que esse mercado deve atingir US$ 359,1 milhões de dólares até 2026, crescendo a uma taxa anual de 3,3% durante o período de 2021-2026. Os maiores consumidores da fruta atualmente estão na região da Ásia-Pacífico, responsável por 37% das compras, seguida pela Europa (23%), América do Norte (20%), outras regiões (12%) e América do Sul (8%).

Publicidade

Fotos: Getty Images


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Canais Especiais Hypeness