Inspiração

Novo velho: 5 mudanças importantes na forma como lidamos com a velhice

Redação Hypeness - 24/02/2022 às 20:07 | Atualizada em 24/02/2022 às 21:48

Se, na antiguidade, as pessoas mais velhas eram vistas como fontes de sabedoria e focos de veneração, na modernidade o que se viu foi uma espécie de inversão. O ser humano passou a ser medido por sua capacidade de produção e os atributos da juventude passaram a ser celebrados e desejados, enquanto a população mais velha foi sendo empurrada a uma posição erroneamente compreendida como incapaz ou ultrapassada. O que de fato se revelou antiquado, superado e obsoleto, porém, foi justamente essa visão – e os últimos anos vêm dando razão à certeza de que ser mais velho é somente um atributo, cheio de particularidades e benefícios.

Os exercícios físicos entre as populações mais velhas são, ao mesmo tempo, causa e efeito

Os exercícios físicos entre as populações mais velhas são causa e efeito de tais mudanças

-A maravilhosa Dona Dirce: influencer de 72 anos que posa nua e curte funk

Hoje, os estereótipos que recaíam sobre as pessoas mais velhas vem dando espaço a uma visão mais interessada, humanizada, madura, inclusiva e verdadeira: todo mundo é capaz de fazer o que quiser, com a idade que for. Na vida pessoal, no trabalho, nos relacionamentos, na aparência, na alimentação e na duração da vida, tudo que costumávamos pensar sobre os mais velhos ficou para trás. Etarismo ou Ageismo são os nomes dados ao preconceito que discrimina uma pessoa com base nesses estereótipos, mas a resposta a essa intolerância é chamada de movimento “Pró Idade”, uma tendência que compreende que o tempo traz qualidades que merecem ser celebradas, como motivo de orgulho e valor.

O amor também não tem idade, e uma melhor companhia é fator de saúde sempre

O amor também não tem idade, e uma melhor companhia é fator de saúde sempre

 Assim, escolhemos cinco tópicos que mostram como a “terceira idade” mudou de antigamente para hoje – para mostrar que, em suma, o velho “antigo” vem dando lugar a um novo “velho” e um “velho” novo. 

O uso dos termos “velho” e “velha”

"Velho" não é nem pode ser um adjetivo pejorativo

“Velho” não é nem pode ser um adjetivo pejorativo

Se o estereótipo da velhice vem sendo felizmente desconstruído, tal processo pode começar pela derrubada da própria noção de que chamar uma pessoa de “velha” é gesto pejorativo ou ofensivo. Importante, portanto, começarmos a abandonar a coleção de eufemismos que buscam “amenizar” a passagem do tempo – como “melhor idade” ou “madura” – para compreendermos de uma vez por todas que alguém ser velho é simplesmente uma característica ou, mais ainda, um elogio, que pode e deve ser dito com clareza em todas as letras: com orgulho.  

-Vogue britânica cria edição especial com mulheres acima dos 50 anos

Aumento na expectativa de vida

Uma vida feliz é cada vez mais também uma vida longa

Uma vida feliz é cada vez mais também uma vida longa

 Esse ponto de certa forma representa a mais ampla consequência das demais mudanças somadas: a expectativa de vida vem saltando ao longo das últimas décadas em todo o mundo. Uma pessoa nascida em 1960, por exemplo, poderia esperar viver uma média de 52,2 anos, e hoje a média global é de 72 anos. No Brasil, esse salto foi ainda maior, e a expectativa, que era de 48 anos no início dos anos 60, cresceu para 76,6, segundo o IBGE.

-‘Sempre é tempo para aprender’, diz Martinho da Vila, aos 81 anos

Aceitação dos cabelos brancos

Os cabelos brancos há muito deixaram de ser símbolos de velhice - e de serem pintados

Os cabelos brancos há muito deixaram de ser símbolos de velhice – e de ser pintados

Um dos símbolos da passagem do tempo e do efeito da velhice sobre nosso corpo, os cabelos brancos, que até um passado recente eram combatidos com muita química e dedicação, hoje cada vez mais vêm sendo aceitos e celebrados, como parte da beleza, do charme e da boa aparência de uma pessoa. Em um processo ainda menos naturalizado, mas igualmente importante, o mesmo vem acontecendo com as rugas e outras marcas corporais que a idade nos traz.

-Cabelos brancos são políticos e chamam a atenção para o etarismo e o sexismo

 Presença no mercado de trabalho

A idade traz uma série de benefícios para um melhor rendimento profissional

A idade traz uma série de benefícios para um melhor rendimento profissional

Um dos contextos em que o etarismo é mais comum – e mais grave – é no mercado de trabalho. É fundamental garantir o direito a uma boa e segura aposentadoria, mas também é importante não condenar alguém a ter de deixar de trabalhar por conta da idade. Segundo o IBGE, nos últimos anos o crescimento de pessoas mais velhas com carteira assinada foi de 43%, trazendo experiência profissional e de vida, compromisso social, conhecimento e comprometimento para o ambiente profissional.

Mais atividade e menos tabu na vida sexual

A idade não só não deve interromper as atividades sexuais, como deve melhorá-las

A idade não só não deve interromper as atividades sexuais, como deve melhorá-las

 Ainda que a queda na produção de hormônios possa alterar dinâmicas nas práticas sexuais, a verdade é que o maior impedimento para que pessoas mais velhas sigam tendo uma vida sexual ativa, saudável e prazerosa é mesmo o preconceito. Alterações podem ocorrer, e o acompanhamento médico é importante para melhor compreender e eventualmente atenuar as mudanças, mas uma vida sexual ativa traz não somente equilíbrio emocional e bem-estar geral, mas também coloca os sistemas fisiológicos para funcionarem com alegria e boa companhia.  

-4 em cada 10 pessoas nos EUA dizem ter feito o melhor sexo da vida depois dos 50

Todas essas mudanças se tornaram possíveis e foram sendo aprimoradas e aprofundadas nas últimas décadas a partir de avanços na ciência, na medicina, mas também em estudos sociológicos e até mesmo filosóficos. Um progresso que se faz igualmente visível e possível graças aos exercícios físicos e a alimentação das pessoas mais velhas. Da mesma forma que hoje toda academia de ginástica que se preze possui não somente programas de exercícios especialmente pensados para pessoas em idades avançadas – e mesmo aqueles ou aquelas que já passaram dos 90 anos podem e devem praticar essas atividades especiais –, cada vez mais dietas e suplementos nutricionais são oferecidos especificamente para quem já viveu mais.

A alegria é também, remédio e efeito, em uma velhice melhor e mais saudável

A alegria é também, remédio e efeito, em uma velhice melhor e mais saudável

-Centenários revelam seus surpreendentes segredos para a longevidade 

É nesse ponto que entra em cena o Nutren Senior, o complemento  alimentar da Nestlé desenvolvido para as pessoas que já passaram dos 50 anos mas que não querem abrir mão do melhor da vida – com saúde, energia, disposição, imunidade e força em dia. Com proteínas, o complemento oferece, por exemplo, a dose precisa para quem começa a sofrer de perda muscular e redução de absorção de nutrientes – mas os benefícios de Nutren Senior da Nestlé vão muito além.

O complemento traz diversos complementos importantes à saúde das pessoas mais velhas

Nutren Senior  oferece a um aporte diário de Vitamina D e Cálcio, ajudando na  saúde dos ossos, e músculos, assim como oferece vitaminas e sais minerais capazes de turbinar a alimentação de todo dia. E quem quiser incluir o Nutren Senior diretamente no prato, sua versão sem sabor pode ser adicionada a molhos e preparos variados – como mostram as deliciosas receitas disponíveis no site do suplemento da Nestlé. Pois a resposta para a expectativa sobre como vamos estar quando a idade chegar só pode ser que estaremos felizes, saudáveis e ativos – como merecemos por muito tempo. 

Exemplo de uma receita com o complemento oferecida no site da Néstlé

Exemplo de uma receita com o Nutren Sênior oferecida no site da Nestlé

Publicidade

© fotos 1, 3, 5, 6, 8: Getty Images

© fotos 2, 4: Pixabay

© foto 7: MaxPixel

© fotos 9, 10: Divulgação


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Canais Especiais Hypeness