Debate

Brasileiro perde R$ 28 mil em golpe de falso estágio em Londres, com suposto salário de R$ 15 mil

Redação Hypeness - 22/03/2022 às 11:35 | Atualizada em 24/03/2022 às 10:33

O brasileiro Taillon Janiel da Luz, de 31 anos, queria dar um novo rumo para sua vida. O catarinense buscou por vagas no exterior e achou uma que se encaixaria em seu perfil: ele iria trabalhar por seis meses como estagiário na Continental AG, uma multinacional de pneus sediada em Londres. O salário era bom: R$ 15 mil por mês. Mas tudo era um golpe. A história foi revelada pela BBC Brasil.

– Economista desmascara Bettina e sócios da Empiricus são suspensos por propaganda enganosa

Os R$ 28 mil perdidos

O jovem de 31 anos se despediu da família e dos amigos em busca da vaga, que lhe apareceu em uma pesquisa do Google. O golpe, comandado por pessoas de fora do Reino Unido, acabou tirando de Taillon um carro e um emprego no Brasil.

Brasileiro tomou golpe de R$ 28 mil em falso estágio em multinacional em Londres

“(Encontrei a vaga) através de busca no Google. Mas não me inscrevi somente nessa vaga e nesse site. Lembro que me inscrevi em pelo menos umas 6 oportunidades de estágio. Passei a virada de ano pensando que eu queria mudar, tomar um novo rumo, adquirir uma experiência internacional. Remodelei meu currículo nos primeiros dias de 2021 e cheguei até essa oportunidade da Continental, que infelizmente causou tudo isso”, contou.

Taillon afirmou que se candidatou para a vaga e recebeu um e-mail confirmando sua pré-seleção. O golpe começou ali: ele recebeu um formulário para preencher os dados. A falsa empresa recomendou que ele depositasse seus fundos para aluguel, alimentação e outros valores em um fundo da própria companhia falsa. Todas as transferências foram feitas para países da África, mas, de acordo com Taillon, os golpistas afirmavam que aquelas eram as sedes das empresas responsáveis pelo traslado.

– Golpes, fraudes e polêmicas movem o imenso sucesso do doc ‘O Golpista do Tinder’, na Netflix

“Meus pais e amigos já tinham me avisado que poderia ser um golpe. Mas eu estava com aquele brilho da coisa e não conseguia enxergar dessa maneira. Eu só enxergava aquilo como uma oportunidade. De poder trabalhar fora, melhorar meu currículo. Eu não desconfiava”, disse em entrevista à BBC News Brasil.

O brasileiro vendeu seu carro abaixo do valor de mercado e depositou mais de R$ 28 mil na conta dos golpistas. Três dias antes de embarcar, ele recebeu outra mensagem pedindo uma transferência de R$ 17 mil. Taillon estranhou e contatou a Continental, que afirmou que ele não estava participando de nenhum processo seletivo da empresa. Foi então que ele percebeu que havia caído num golpe.

– Como um golpe fez italiano acreditar por 15 anos que namorava Alessandra Ambrósio

Taillon Janiel da Luz tentou receber algum tipo de apoio da Continental, que se limitou a dizer que esse tipo de golpe é comum, mas não possui um sistema de defesa contra esse acontecimentos do tipo. Agora, Taillon luta para tentar conseguir um novo emprego e busca formas de tentar se recuperar do golpe.

Publicidade

Fotos: Reprodução/Arquivo Pessoal


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Canais Especiais Hypeness