Arte

Conheça Maria Prymachenko, a mulher que foi a heroína da arte popular na Ucrânia

Redação Hypeness - 09/03/2022 às 10:17 | Atualizada em 11/03/2022 às 10:40

As autoridades ucranianas afirmaram nessa semana que o Museu de História Local de Ivankiv, na região de Kiev, na Ucrânia, foi destruída. Lá estavam muitas das obras de Maria Prymachenko, considerada uma das heroínas da da história da arte ucraniana.

Maria Prymachenko

A obra de Maria Prymachenko mostra símbolos importantes da vida na Ucrânia rural

Nascida em 1909, Maria Prymachenko tinha o costume de fazer bordados com a estética da região de Bolotnya, no norte da Ucrânia, a poucos quilômetros de Chernobyl. Assim como Frida Kahlo, possuía dificuldades de locomoção causadas pela polio. Mas seu reconhecimento mudou de dimensão quando Prymachenko trocou as linhas do bordado pela tinta na pintura.

A colheita e a natureza são parte elementar da obra de Prymachenko

Seu trabalho começou a ganhar reconhecimento entre os especialistas em arte de toda a União Soviética. Seu traço único e suas referências a toda a cultura eslava com refinamento estético incrível. O trabalho de Prymachenko começou a ganhar Kiev, depois Moscou e depois Varsóvia. Depois, seu trabalho atravessou a cortina de ferro. Pablo Picasso, conhecido por sua arrogância, teria se curvado ao trabalho da artista. “Eu me curvo ao milagre artístico que é a obra dessa ucraniana”.

A obra de Prymachenko tinha tons políticos; “A besta nuclear” mostra que, mesmo na União Soviética, o monstro da guerra atômica também era combatido

O trabalho de Prymachenko mostrava a vida e a estética tradicional da região entre Belarus e Ucrânia, habitada pelos eslavos. Mas seu trabalho passou a ganhar caminhos políticos após a chegada de seu reconhecimento: ela foi uma rígida ativista anti-nuclear e anti-guerra durante o período da Guerra Soviética no Afeganistão, nos anos finais da Cortina de Ferro.

Trabalho de Prymachenko mostra colheira e ícones simbólicos da Ucrânia

A obra de Prymachenko foi premiada ao redor da União Soviética e, após a dissolução do modelo socialista, com a independência dos novos países no leste europeu, ela se tornou um símbolo da arte autóctone ucraniana. A maior parte da sua obra segue intacta no Museu de Arte Folclórica de Kiev, onde estão mais de 650 obras de Maria.

 

 

 

Publicidade

FOtos: National Folk Decorative Art Museum in Kyiv


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Canais Especiais Hypeness