Debate

Diretor do ‘Pantera Negra’ tem arma apontada e é preso ao tentar sacar 12 mil dólares no banco

Redação Hypeness - 10/03/2022 às 12:16 | Atualizada em 10/03/2022 às 12:24

O diretor Ryan Coogler, cuja principal obra é simplesmente o filme ‘Pantera Negra’, de 2019, foi vítima de racismo ao ser abordado no seu próprio banco após tentar sacar 12 mil dólares da sua conta corrente. Coogler estava em uma agência do Bank of America na cidade de Atlanta, na Geórgia. A polícia foi chamada para o local e apontou uma arma na direção do cineasta.

ryan coogler

Diretor de cinema negro foi acusado de roubar agência do banco em que tem conta após tentar sacar dinheiro

Ryan Coogler foi tentar sacar dinheiro da sua própria conta. Entretanto, por se tratar de uma alta quantia (equivalente a 60 mil reais brasileiros), o diretor de cinema deu um recado em papel para a atendente. O bilhete pedia para sacar o dinheiro, que é seu, mas com descrição por se tratar de uma valor alto.

– Racismo e crise de refugiados: por que a Ucrânia escolhe através da cor da pele quem sai do país?

Racismo

A atendente chamou a polícia, que chegou de maneira ostensiva acreditando que o diretor de filmes da maior franquia de super-heróis do planeta poderia estar roubando um banco. O caso evidencia como o racismo opera nos EUA.

Ryan Coogler tentava sacar alta quantia de sua própria conta, mas foi acusado de tentar roubar banco: isso aconteceria se ele fosse branco?

Confira o vídeo da abordagem policial:

A polícia prendeu Coogler dentro do banco e as duas pessoas que aguardavam o diretor em um carro fora da agência. O diretor foi liberado após apresentar sua identidade e um cartão que confirmava sua conta na instituição financeira.

“Essa situação nunca deveria ter acontecido. No entanto, o Bank of America trabalhou comigo e me deixou satisfeito com a solução, então nós seguimos em frente”, afirmou Coogler em entrevista ao TMZ, um tabloide de notícias de entretenimento dos Estados Unidos.

– Influenciador negro denuncia racismo após ser abordado por PMs ao deixar loja no RJ: ‘Saiu rápido demais’

O Bank of America afirmou através de comunicado que lamenta o ocorrido. “Nos arrependemos profundamente que isso tenha acontecido. Isso nunca deveria ter acontecido e pedimos desculpas ao senhor Coogler”, disse a instituição, considerada uma das principais do sistema financeiro dos EUA.

Publicidade

Fotos: Foto 1: Creative Commons Foto 2: Reprodução/Twitter


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Canais Especiais Hypeness