Inovação

Natura quer capacitar consultoras para identificar e combater relacionamentos abusivos

Roanna Azevedo - 22/03/2022 às 17:44 | Atualizada em 25/03/2022 às 09:34

No último 8 de março, Dia Internacional da Mulher, a Natura lançou um curso para suas consultoras aprenderem a reconhecer relacionamentos saudáveis e evitar abusivos. As aulas são gratuitas e estão disponíveis no Whatsapp. Para acessá-las, é preciso apenas mandar a mensagem “oi” para o número de telefone (11) 96184-1291.

Com colher e tudo: Magazine Luiza vai pra cima da violência contra a mulher

O curso foi criado em parceria com a Think Eva, uma consultoria de inovação social, e se divide em quatro tópicos: fatores raciais, questões de pessoas com deficiência, diversidade de gênero e diversidade sexual. O objetivo é fazer com as Consultoras de Beleza passem a identificar as principais características de um relacionamento abusivo com base em todos os elementos que compõem uma relação positiva.

O relacionamento abusivo ao qual você sobreviveu pode salvar outras mulheres; um passo a passo

“Com o lançamento desse curso, reforçamos a nossa responsabilidade social e fazemos um convite à nossa rede e à toda a sociedade para disseminar a importância de identificar sinais de relações abusivas para romper o ciclo de violência”, conta Penélope Uiehara, diretora de Marketing de Relacionamento da Natura. As alunas também vão aprender como acessar canais de denúncia, por onde podem delatar possíveis abusos em suas relações.

A idealização do curso partiu dos dados mapeados pelo Índice de Desenvolvimento Humano da Consultora Natura (IDH-CN). Em 2019, o indicador constatou que uma a cada três Consultoras de Beleza já sofreu algum tipo de violência de gênero. “Os resultados inquietantes desse estudo nos levam a colocar o enfrentamento à violência de gênero como parte da estratégia do negócio e como um dos principais pilares na geração de impacto social positivo por meio da venda direta”, declara Penélope.

O que é misoginia e como ela é a base da violência contra a mulher

Desde janeiro de 2022, o Movimento Natura, que cuida de questões de impacto social geradas pela empresa, é composto por uma equipe de psicólogas e assistentes sociais responsáveis por atender funcionárias vítimas de violência. Dentre os serviços oferecidos estão apoio jurídico e abrigo temporário. “A violência de gênero, em todas as suas formas, não só afeta a vida das vítimas, mas o futuro de toda a sociedade. Enfrentá-la é um compromisso coletivo e urgente”, diz Penélope.

Publicidade

Fotos 1 e 2: Reprodução/Natura

Foto 3: Reprodução/Pequenas Empresas, Grandes Negócios


Roanna Azevedo
Diretamente da zona norte do Rio, é jornalista por profissão e curiosa por conta própria. Ama escrever sobre cinema e o universo do entretenimento há mais de dois anos. Tem paixão por tudo que envolve cultura, música, arte e comportamento, além de ficar sempre ligada no que rola no mundinho da comunicação nas redes sociais.

Canais Especiais Hypeness