Criatividade

‘Red’: Pixar lança filme sobre menstruação com estrela de ‘Grey’s Anatomy’ no elenco

Vitor Paiva - 17/03/2022 às 09:55

Intitulado Red – Crescer é uma fera, o novo filme da Pixar busca derrubar tabus não somente pelo tema, mas também pela equipe que o criou: trazendo a atriz Sandra Oh, de Grey’s Anatomy e Killing Eve como voz para uma das personagens principais, o longa metragem trata de assuntos amplos e profundos – como vergonha, medo, mudanças e passagem do tempo – explorando elementos tão concretos e importantes da vida real de uma jovem quanto a puberdade e, sim, a menstruação. Atravessando os temas de forma franca, tocante, sincera e, ao mesmo tempo, divertida, Red conta a história de Mei Lee, uma garota de 13 anos que se vê diante da explosão de sentimentos e mudanças típica da adolescência, enquanto busca continuar sendo uma boa filha.

A atriz Sandra Oh assina a voz da mãe da personagem principal em Red

A atriz Sandra Oh é a voz que dá vida à mãe da personagem principal no desenho animado

-Pantone lança ‘vermelho menstruação’ para desconstruir estigmas em torno do assunto

Para retratar a complexidade do processo de puberdade, a diretora Domee Shi e a dramaturga Julia Cho, roteiristas do filme, se inspiraram não somente em suas próprias histórias, mas também em um recurso e metáfora ao mesmo tempo fofa e profunda: quando Mei se sente desconfortável, pressionada, sobrecarregada ou sensível, ela se transforma em um urso panda vermelho e gigante – como uma versão adolescente ao espírito da Pixar de O Incrível Hulk ou mesmo de A Metamorfose, de Kafka. Para além da divertida metáfora, porém, o filme efetivamente faz questão de apresentar absorventes e analgésicos como parte do processo de retratar a menstruação com verdade e sem tabus.

Mei Lee transformada em urso gigante diante de seus amigos em cena do filme

Mei Lee transformada em urso gigante diante de seus amigos em cena do filme

-Produtos para atravessar o período menstrual com mais conforto e sustentabilidade

“O filme não pede desculpas por abordar a puberdade. Não tenta esconder, não tenta fazer piada, apenas fala diretamente. É um assunto realmente tabu, mas todo mundo passa por isso”, afirma Rosalie Chang, atriz que interpreta Mei, e que atravessou sua própria adolescência durante a feitura do filme – agora com 16 anos, as gravações começaram quando ela tinha 12 anos. Segundo a diretora, desde o início do projeto, a ideia era tratar de menstruação e do constrangimento que tal processo pode impor sobre as meninas com delicadeza, mas também com sinceridade. Outro aspecto pioneiro para que Red – Crescer é uma fera seja visto como um marco é o fato de se tratar da primeira produção da Pixar dirigida exclusivamente por uma mulher, com uma equipe e um elenco principal femininos.

Mei, a personagem "interpretada" pela voz de Rosalie Chang, em Red

Mei, a personagem “interpretada” pela voz de Rosalie Chang, em Red – Crescer é uma fera

-As 22 regras da Pixar para criar uma boa história

Segundo a produtora Lindsey Collins, o fato da equipe ser formada por mulheres deu “permissão” para que pudessem ser “ousadas” em todo o processo, que recebeu, de acordo com a produtora, todo apoio dos executivos da empresa. O fato de as personagens principais serem de origem asiática também foi celebrado, especialmente por Sandra Oh, que dá voz à personagem da mãe de Mei, e que é de origem asiática-canadense-americana. “Este é exatamente o projeto que eu estava procurando”, afirmou a atriz, celebrando que hoje, segundo ela, existem “mais oportunidades de contar histórias que eu não poderia contar no início da minha carreira”.

Rosalie Chiang, Sandra Oh, Domee Shi e Lindsay Collins durante a estreia do filme em Londres

Rosalie Chiang, Sandra Oh, Domee Shi e Lindsay Collins na estreia da animação em Londres

Publicidade

© fotos 1, 4: Getty Images

© fotos 2, 3: Pixar/divulgação


Vitor Paiva
Escritor, jornalista e músico, Vitor Paiva é doutor em Literatura, Cultura e Contemporaneidade pela PUC-Rio. Autor dos livros Tudo Que Não é Cavalo, Boca Aberta, Só o Sol Sabe Sair de Cena e Dólar e outros amores, publica artigos, ensaios e reportagens.

Canais Especiais Hypeness