Ciência

Asteroides: Brasil registra explosões na Amazônia e próximo de Foz do Iguaçu

Vitor Paiva - 11/04/2022 às 21:26 | Atualizada em 13/04/2022 às 17:54

Um asteroide de cerca de 2 toneladas de massa explodiu nos céus do município de Tefé, no interior do estado do Amazonas, no domingo do dia 3 de abril. Segundo informações da NASA e da Bramon, Rede Brasileira de Observação de Meteoros, o corpo celeste entrou na atmosfera terrestre a uma velocidade de 71 mil quilômetros por hora, e sua explosão disparou energia equivalente a de 95 toneladas de dinamite. O incidente não teve, até o momento, maiores registros apresentados, mas o Portal do Marinho, publicou vídeo que revela a luz do asteroide amazonense.

O asteroide entrou na atmosfera da Terra a 71 mil km/h

O asteroide entrou na atmosfera da Terra a 71 mil km/h

-Asteroide descoberto por estudante mineira de 18 anos é certificado pela NASA

A dimensão de 1 metro de diâmetro e 2 toneladas de massa, bem como a intensidade da explosão, foram detectadas por uma rede internacional de sensores de infrassom administrada pela agência espacial estadunidense, determinando também a velocidade da entrada do bólido no planeta. A cidade de Tefé fica a cerca de 523 quilômetros de Manaus, capital do estado do Amazonas, e apesar da força do impacto, o fenômeno não levou qualquer risco à população.

-Meteoro que caiu no céu sobre Porto Alegre é fotografado por observatório; veja vídeo

A luminosidade gerada pelo asteroide foi tão intensa que pôde ser captada pelo satélite GOES-16, localizado a 32 mil km de altitude. Operado pela Administração Nacional Oceânica e Atmosférica americana (NOAA) com um sistema de detecção e mapeamento de relâmpagos durante tempestades, o GOES-16 também é capaz de registrar clarões eventualmente causados pelo impacto de asteroides contra a atmosfera da Terra.

Registro do flash provocado pelo meteoro em detecção do satélite GOES-16

Registro do flash provocado pelo meteoro em detecção do satélite GOES-16

A cidade amazonense de Tefé

Barcos na cidade amazonense de Tefé

-Asteroide que causou a extinção dos dinossauros caiu na Terra na primavera, diz estudo

No dia seguinte, 4 de abril, um meteoro cruzou os céus do Paraguai e pôde ser avistado em alguns locais de Foz do Iguaçu, localizado na região oeste do estado do Paraná, e também em Monte Castelo, em Santa Catarina. Uma câmera da estação de monitoramento do Clima ao Vivo registrou a passagem do meteoro que, segundo especialistas, tinha tamanho equivalente ao de uma laranja, e provavelmente foi totalmente vaporizado ao alcançar a atmosfera da Terra.

Registro do meteoro que foi visto em Foz do Iguaçu

Registro do meteoro que foi visto em Foz do Iguaçu

Publicidade

© foto 1: Pixabay

© foto 2: NOAA / NASA

© foto 3: Getty Images

© foto 4: YouTube/reprodução

 


Vitor Paiva
Escritor, jornalista e músico, Vitor Paiva é doutor em Literatura, Cultura e Contemporaneidade pela PUC-Rio. Autor dos livros Tudo Que Não é Cavalo, Boca Aberta, Só o Sol Sabe Sair de Cena e Dólar e outros amores, publica artigos, ensaios e reportagens.

Canais Especiais Hypeness