Ciência

Astrônomos encontraram laser radioativo no espaço; entenda

Redação Hypeness - 27/04/2022 às 10:17

Astrônomos detectaram por telescópio um poderoso laser de ondas radioativas no espaço. Em termos oficiais, o laser é conhecido como “megamaser” e é o mais distante já observado pelos humanos – situado a 5 bilhões de anos-luz da Terra.

Para chegar à Terra, a luz desse laser espacial percorreu 58 bilhões de bilhões de bilhões de quilômetros. O megamaser recorde foi observado por uma equipe de astrônomos usando o telescópio MeerKAT do Observatório de Radioastronomia, da África do Sul.

O que são megamasers?

Quando duas galáxias colidem e colidem, megamasers são criados. Tais processos geram novas estrelas e buracos negros. Este megamaser é composto de hidroxila – um grupo químico que consiste em um átomo de hidrogênio e um átomo de oxigênio – encontrado dentro de fusões de galáxias.

Já o nome, também vem de sua formação. Pense em lasers que liberam micro-ondas em vez de luz visível, daí o nome de “maser” em vez de laser.

IDIA/LADUMA usando dados da NASA/StSci/SKAO/MolView

IDIA/LADUMA usando dados da NASA/StSci/SKAO/MolView

“Quando as galáxias colidem, o gás que elas contêm torna-se extremamente denso e pode disparar feixes de luz concentrados”, disse o líder da equipe de pesquisa, Marcin Glowacki, do Centro Internacional de Pesquisa em Radioastronomia da Austrália, em um comunicado.

O megamaser foi oficialmente chamado de “Nkalakatha”, que significa “grande chefe” em isiZulu na língua bantu dos zulus na África do Sul.

—Asteroide maior do que qualquer prédio na Terra passará tão perto que talvez seja visto no céu

“É impressionante que, com apenas uma única noite de observações, já tenhamos encontrado um megamaser recorde”, disse Glowacki. “Isso mostra o quão bom é o telescópio.” Os astrônomos detectaram o megamaser na primeira noite de uma pesquisa que durou mais de 3 mil horas de observação.

A equipe está planejando fazer observações de acompanhamento do megamaser para facilitar descobertas mais semelhantes. O MeerKAT observa pontos estreitos no céu na esperança de encontrar algo que esclareça como o universo evoluiu.

—Astrônomos podem ter localizado o primeiro exoplaneta conhecido em outra galáxia

Publicidade

Fotos: Divulgação


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Canais Especiais Hypeness