Arte

Coachella, Rock The Mountain, Medida Provisória e 27 boas dicas culturais para sua semana

Gabriela Rassy - 13/04/2022 às 10:56 | Atualizada em 13/04/2022 às 17:54

Abril tá com uma sequência de feriados de dar gosto – e com ela festivais, shows, filmes e mostras imperdíveis. Destaque para a exibição do Coachella 2022 pelo Youtube, com shows de Anitta e Pabllo Vittar, além de Billie Eilish, Harry Styles e muitos outros.

Ao vivo, tem o primeiro fim de semana do Rock The Mountain, em Itaipava, no RJ, com Djavan, Caetano Veloso, Gal Costa, Silva, Alceu Valença, BaianaSystem, Criolo, entre muitos outros. Rola ainda show da Céu e do Samba do Trabalhador em SP. Ah, não podemos esquecer do lançamento de Versions of me, o novo álbum de Anitta.

Destaque cinematográfico para o tão aguardado Medida Provisória, dirigido por Lázaro Ramos, que enfrentou uma censura travestida de ~burocracia~ para ser lançado no Brasil. O filme teve seu lançamento oficial no Festival do Rio e, depois de ser premiado em festivais pelo mundo, ganha o circuito comercial no Brasil. Bora lotar essas salas!

Nas artes visuais, vale conhecer o museu ao ar livre Usina de Arte, que ganha 2 novas obras, somando 40 dentro de um Parque Artístico-Botânico, em Água Preta, Pernambuco. Vale ainda conferir a primeira mostra individual de Luiz Zerbini no Masp.

As dicas passam ainda por sugestões gastronômicas da DAMA, Contaloup, Manga, Oli e Cervejaria Nacional para a Páscoa e pelos cursos imperdíveis “Umonhi: a arte de conectar” e “LabSonica Academy”.

Vem na minha!

#shows

Coachella 2022
15 a 17/4 e 22 a 24/4, às 20h
youtube.com/coachella
A partir da próxima sexta-feira, o YouTube transmite exclusivamente, pelo décimo ano consecutivo, o Coachella para todo o mundo. Após dois anos de hiato, o Coachella acontece em 2 finais de semana, com shows de nomes internacionais como Billie Eilish e Harry Styles, além das brasileiras Anitta e Pabllo Vittar. Na comemoração de dez anos de transmissão do Coachella no YouTube, a plataforma oferece uma experiência de primeira fila para que todos ao redor do mundo possam acompanhar o festival com transmissões de bastidores e dos shows, no maior palco do mundo. Além disso, o livechat estará disponível para que os fãs dos artistas possam interagir durante o festival.

Céu | Um Gosto de Sol
Casa Natura Musical
14 e 15 de abril, quinta e sexta-feira, às 22h
R$ 40 a R$ 190 pelo Sympla
Após cinco trabalhos autorais, Um Gosto de Sol é o primeiro álbum em que Céu se coloca apenas como intérprete, dando voz a uma dúzia de canções escritas por outros autores. Produzido por Pupillo, o álbum é resultado do impacto da pandemia na vida da artista. Neste disco, Céu regravou clássicos da música nacional como João Gilberto (Bim Bom), Ismael Silva (Ao Romper da Aurora), Antonio Carlos & Jocafi (Teimosa), Deixa Acontecer (Revelação), entre outros e clássicos da música internacional, como Francis Albert (Feelings), Sade (Paradise), Jimi Hendrix (May This Be Love), Beastie Boys (I Don’t Know) e Fiona Apple (Criminal).

Samba do Trabalhador
Pirajá
Sábado, 16, 12h (show 14h)
Grátis
Há quase 20 anos, uma roda de samba parou o Andaraí, no Rio de Janeiro, em plena segunda-feira à tarde, atraindo trabalhadores de todas as partes da cidade. Hoje, o encontro criado pelo músico e compositor Moacyr Luz, virou um fenômeno e mais uma vez leva sua animação e energia para o Pirajá, esquina mais carioca de São Paulo. Regada a chopp gelado, caipirinhas e boas comidinhas, a apresentação traz composições clássicas de João Nogueira, Cartola e Paulinho da Viola, além, claro, de sucessos de autoria de Moa, como “Toda Hora”, “Saudades da Guanabara”, “Cabô, Meu Pai”, “Estranhou o quê?” e “Vida da Minha Vida”.

Rock The Mountain
Itaipava, Petrópolis – Rio de Janeiro
16, 17, 23 e 24 de abril
R$ 376 meia-entrada ou com 1kg de alimento (5º lote)
O Rock the Mountain é um festival de música e arte que promove uma experiência única com muito astral na charmosa serra fluminense. No line up, Djavan, Caetano Veloso, Gal Costa, Silva, Alceu Valença, BaianaSystem, Criolo, Teresa Cristina, Djonga, Luedji Luna e muito mais! Corre por que só tem ingresso para o segundo fim de semana.

Bruna Lucchesi
Bona
Quarta, 13, 21h
R$ 50 no Sympla
A curitibana radicada em São Paulo, Bruna Lucchesi já se aventurava pela obra de Paulo Leminski quando ganhou de Estrela Ruiz, filha de Paulo Leminski e Alice Ruiz, um songbook cheio de canções inéditas do artista. Gravou “Energia Solar” e nasceu a ideia do show “Encharcar o planeta de Leminski” que reúne novas e velhas canções do poeta.

Luisa Toller
Sesc Av. Paulista
16 de abril, às 20h30
R$30 (inteira) e R$15 (meia e comerciário)
Após estrear com o single-clipe “Se não fosse poeta, seria mulher-bomba”, Luisa Toller – integrante dos grupos Bolerinho e Meia Dúzia de 3 ou 4 – se aventura em seu primeiro álbum solo. Produzido por Ivan Gomes e acompanhado por Wanessa Dourado, Gustavo de Medeiros, Lê Coelho, Maria Cecília Colaço e Júlia Tizumba, “Mulher Bomba” traz 8 canções com letras autobiográficas e provocações feministas que se traduzem intensamente em bolero, fado, coco e valsa com versos que fazem ora doer, ora curar a melancolia pandêmica que se instalou em nossos corações.

#eventos

Obscênicas
Mundo Pensante
Quinta, 14, 21h
Grátis até 22h
A fanfarra 100% feminina e feminista Obscênicas invade o Bixiga para um pré segundo round do Carnaval. Antecipando o feriado de Páscoa, o grupo ataca com repertório baseado em músicas compostas por mulheres – ou que ficaram famosas por vozes femininas. Na abertura da casa, o DJ Nuts assume as pickups.

Santo Forte
Fabrique – Rua Barra Funda, 1071 SP
Sábado, 16, 23h59
R$ 40 a R$ 60 antecipado | R$ 80 na porta
Pista calorosa e Tutu tocando o melhor da brasilidade com o público mais democrático e dançante da cidade. A festa que faz 16 anos de estrada esse ano, volta a ocupar a pista.

#música

Anitta | Versions of me
A carreira internacional da patroa tá on e agora Anitta lança seu quinto álbum, totalmente focada nessa missão. Com uma capa ousada onde mostra todas as versões de seu rosto conforme os anos (e as plásticas) foram passando, o disco inclui o hit “Envolver”, além de novas que, sem deixar o funk de lado, incluem pop, reggaeton e até um rockzinho delas.

Iara Rennó feat. Thalma de Freitas | Bàbá Ori
A cantora, compositora e poeta Iara Rennó prepara há 13 anos um trabalho central em sua trajetória: o lançamento dos dois álbuns inéditos “Oríki“, que será lançado em maio, e “Ori Okàn“, programado para 2023, numa díade musical que tem como inspiração e temática a cultura mítica dos Orixás. No primeiro single da obra, “Bàbá Ori“, Iara convida a cantora Thalma de Freitas para saudar Oxalá em sua companhia. A reverência convertida em canção pop chega às plataformas pela Altafonte.

Zeca Baleiro e Zimbher | Qualquer prego
O videoclipe \trata, com humor e alguma sofrência, da desventura amorosa do protagonista, que tem sua paixão renegada por seu objeto de desejo. “Tu vai com qualquer prego, aceita qualquer chamego, porque não bole comigo?”, diz um trecho da letra. O bailarino Diogo Granato interpreta o protagonista, que de pirueta em pirueta consegue tudo o que quer, instaurando um clima profano e sensual nos demais personagens, que são interpretados por atores e amigos de Zimbher. Disponível a partir de quarta, às 17h.

Haroldo Bontempo feat. Mariana Cavanellas | Brasil, 17h
Estreando pelo conceituado selo paulistano yb music, o mineiro Haroldo Bontempo expande sua carreira solo. Conhecido como parte da banda Mineiros da Lua, o cantor, compositor e guitarrista antecipa o novo disco, homônimo.

Rooftime | Through Waves
O trio de música eletrônica acaba de lançar seu mais novo projeto com proporções internacionais. O EP “Through Waves” faz parte do documentário internacional “The Outlaw Ocean Music Project”, criado pelo jornalista norte-americano Ian Urbina, que reúne diversas formas narrativas baseadas em seu livro best-seller “The Outlaw Ocean”. As duas faixas presentes no projeto com trabalho de Rooftime, “Criminal” e “Deep Into The Ocean”, foram concebidas a partir de uma biblioteca de áudio criada por Urbina com gravações em suas expedições, que incluem sons de disparos de metralhadora na costa da Somália e cantos de marinheiros no mar do sul da China.

#cinema

Medida Provisória
O primeiro longa de ficção dirigido por Lázaro Ramos, baseado no obra teatral de Aldri Anunciação, Nímbia Não!, o filme finalmente chega ao circuito nacional, depois de enfrentar a censura brasileira em pleno 2021 – qualquer dúvida sobre a existência de democracia, não é coincidência. O longa inclusive aponta para um futuro próximo distópico no Brasil, onde um governo autoritário ordena que todos os cidadãos afrodescendentes se mudem para a África – criando caos, protestos e um movimento de resistência clandestino que inspira a nação. Depois de ser premiado em diversos festivais ao redor do mundo, a estreia no circuito comercial acontece na sexta, feriado, dia 15.

#visuais

Usina de Arte | novas obras
Instalado onde funcionou a Usina Santa Terezinha (maior produtora de álcool e açúcar do Brasil nos anos 1950), na cidade de Água Preta, Mata Sul de Pernambuco, o projeto Usina de Arte conecta arte, cultura e meio ambiente, criando um museu de arte contemporânea ao ar livre, dentro de um Parque Artístico-Botânico. Agora, em diálogo com sintomas sociais atuais, as obras “Paisagem”, de Regina Silveira, e “Um Campo da Fome”, de Matheus Rocha Pitta, ampliam a lista de instalações do museu pernambucano para mais 40 obras. “Paisagem” fixa residência na Usina, após ser um dos destaques da 34ª Bienal de SP em 2021, propondo uma experiência singular. A obra convida o visitante a enfrentar um labirinto de quase 100m², com paredes de vidros medindo 2,5m de altura que trazem a 1,40m do chão furos com imagens impressas de tiros que mimetizam terem sido cravejadas por balas.

Luiz Zerbini: a mesma história nunca é a mesma
MASP — Museu de Arte de São Paulo
Até 5/06; terça grátis, das 10h às 20h; quarta a domingo, das 10h às 18h
Agendamento online obrigatório
R$ 50 (entrada); R$ 25 (meia-entrada)
Com curadoria de Adriano Pedrosa, diretor artístico, e Guilherme Giufrida, curador assistente no MASP, a exposição traz um conjunto de cerca de 50 trabalhos, entre pinturas, monotipias, gravuras e desenhos, em sua grande maioria inéditos, distribuídos em uma expografia-obra projetada em diálogo com a arquitetura do espaço. Trata-se da primeira exposição individual de Zerbini, um dos principais nomes da arte contemporânea brasileira, em um museu em São Paulo. Ressaltando o interesse do artista pelos aspectos da botânica, as obras retomam narrativas apagadas das histórias brasileiras com o intuito de reconstruí-las a partir de novas imagens e protagonistas.

#literatura

A água é uma máquina do tempo, de Aline Motta
Entre palavra e imagem, entre arquivo e fabulação, a obra reúne diversas linguagens artísticas e reconfigura memórias ao se valer de uma percepção não-linear do tempo. Construindo um mosaico fluido de épocas a partir de documentos históricos, a artista-escritora cruza diversos planos entre si, num percurso que passa pelo luto por sua mãe e vai até o Rio de Janeiro de fins do século XIX, através dos fragmentos que reconstroem as vidas de Ambrosina e Michaela, antepassadas da autora. Ao aliar criação e pesquisa, Aline Motta expõe as várias formas de rasura que a herança colonial impõe à nossa história.

#cênicas

Freedom City
Centro Cultural São Paulo (CCSP)
De 14/4 e 1º/5, de quinta a sábado, às 21h, e aos domingos, à 20h.
Grátis – Retirada de ingressos 1h hora antes diretamente na bilheteria.
Para marcar seus 18 anos, a Cia. Artera de Teatro estreia uma montagem de Freedom City, texto inédito no país do dramaturgo escocês Davey Anderson. Com direção de Davi Reis e Ricardo Corrêa, peça gira em torno de Samuel, um homem desajustado e perdido na sociedade. Ele acaba se envolvendo com uma comunidade online de extremistas conservadores chamada “Freedom City”, que propaga ideias de ódio contra mulheres, imigrantes, pessoas negras e membros da comunidade LGBTQIA+. O elenco, além de Corrêa, conta com Leticia Tomazella, Julyana Belmonte, Lucca Garcia e Pedro Guilherme.

Ancestralidades em Cena: “Diversidades na Dança Negra”
Teatro Prudential
Quarta, 13 de abril, às 19h
R$ 30
Nessa segunda ocupação a proposta é trazer as danças tradicionais do Rio de Janeiro, a dança afro-brasileira a dança contemporânea e urbana e performances de novas pesquisas em danças negras.

Mulheres que Nascem com os Filhos
Teatro Nair Bello SP
15 de abril a 5 de junho, sextas e aos sábados 21h; e aos domingos 19h
R$ 60 (inteira) e R$ 30 (meia-entrada)
Depois de estrear nos palcos cariocas no começo de 2022, a peça idealizada e protagonizada pelas atrizes Samara Felippo e Carolinie Figueiredo e dirigida por Rita Elmôr, chega a São Paulo. Indicada para mulheres, mães, homens e todos que são filhos, a montagem aborda de forma sensível, bem-humorada e sarcástica – como a própria vida das mães – o cotidiano e os dilemas do universo da maternidade, além da trajetória de renascimento da mulher com a chegada desse momento.

#gastronomia

Confeitaria DAMA
As sócias e cunhadas Daniela e Mariana Gorski acabam de lançar o catálogo 2022 nas lojas da marca, via delivery direto e IFood. Destaque para o Ovo Retrô (R$79 – 250g), feito a partir de um blend equilibrado de chocolates 52% e 31%, é composto por duas cascas que remetem ao clássico molde mais fininho, e que guardam bombons de brigadeiro embrulhados em papel celofane. Ovo trufado com Rum Super Premium Zacapa (R$280 – 450g) é mais um lançamento e promete agradar os paladares que procuram o toque sutil da bebida alcoólica. Já o sabor Florentine (R$130 – 120g) poderá ser encontrado em um novo formato, pensado especialmente para a data: as placas ovais. Finalizando as pedidas para a data, a tradicional Colomba (R$95) da Confeitaria DAMA também estará disponível para as comemorações.

Manga
O restaurante mais delicioso – e impressionante – do Rio Vermelho, comandado pelos chefs Dante e Katrin Bassi, oferece um prato exclusivo para o almoço e jantar da sexta-feira, dia 15 de abril. O especial será um Lombo de bacalhau cozido lentamente no azeite, castanha do Pará, tapioca, ervilha, cogumelos e trufa negra, servido no à la carte (R$115) e também aos que optarem por peixe no menu degustação. Além do bacalhau, o picolé de Páscoa também será uma exclusividade da data: picolé de 3 chocolates, com praliné de amêndoas e caramelo (R$19).

Cervejaria Nacional | Páscoa
Especialmente para o feriado de Páscoa, a Cervejaria Nacional entra no clima e apresenta, nos dias 14, 15 e 16 de abril, a Mula Cacau. Cerveja queridinha do público da casa, a versão comemorativa de Páscoa, é uma cerveja de alto corpo. Mula Cacau (R$ 25 – 330 ml, R$ 36 – 570 ml e R$ 51,10 – 1L delivery) proporciona na boca amargor, presença de caramelado, com 60 de IBU e 7,5 ABV. Já no aroma, as notas são de cacau e chocolate, assim como a manda a data. O rótulo temático para ocasião estará disponível no salão e via delivery. Os clientes ainda podem ampliar a experiência na casa com o Combo de Páscoa (R$ 49), que incluí a Bruschetta de Bacalhau marinada na cerveja Domina Weiss (R$ 29 – 4 unidades) com a escolha outra cerveja clássica da carta. Ainda no delivery da Nacional, os valores promocionais de segunda a quarta, é com o desconto de 50%, e de quinta a domingo, com 30%.

Oli Pães e Pizzas
A casa especializada em pães de fermentação natural apresenta nesta Páscoa as colombas. Diz a lenda, que esse pão doce, irmão do panetone, representa paz e unidade. Mas essa colomba da Oli representa também uma explosão de sabores reunidos em um único item. Feita com chocolate meio amargo, nozes, aroma de laranja bahia e baunilha, além de cobertura de amêndoas e chocolate, a colomba chega perfeitinha para o almoço ou até para um lanchinho bem especial. Vale provar também a focaccia da casa, também produzida em longa fermentação.

Cantaloup
Os chefs Valdir Oliveira e Arnor Porto prepararam um cardápio exclusivo para o almoço de Páscoa do Cantaloup. Para começar, as sugestões são carpaccio de polvo com bouquet de folhas verdes (R$ 72) e tomate caqui recheado com burrata morna, raspas de botarga e limão siciliano (R$55). Entre os principais estão os clássicos carré de cordeiro, servido com polenta trufada ao molho de cabernet sauvignon (R$ 162) e o bacalhau, feito à fiorentina, com batata, cebola, tomate e creme de espinafre ( R$ 155). Completando o trio de opções, o chef Valdir oferece ainda o risotto de vieira e aspargos verdes ao vinagrete de pimenta de cheiro (R$ 135). Para finalizar, o chef Arnor Porto sugere duas sobremesas: o bolo gelado de doce de leite com laranja e sorvete de nata R$ 35,00 e o ovo surpresa do Cantaloup (R$ 40,00). Recomenda-se fazer reserva.

#curso

Workshop: Umonhi: a arte de conectar
CCJ – Centro Cultural da Juventude
Inscrições: https://forms.gle/GXsoLp9owFZkLBXN6
Com o objetivo de introduzir noções de diversos saberes para estudantes de escola pública e, com isso, contribuir para alavancar suas vidas profissionais no futuro, o Alfabantu, coletivo que atua na área de educação e tecnologia que fomenta o diálogo entre Brasil e África, criou o Umonhi: a arte de conectar. Destinado a crianças e adolescentes de 08 a 15 anos, matriculadas em escolas públicas, as aulas serão ministradas por coletivos especializados de acordo com o tema. As inscrições poderão ser feitas entre os dias 1 e 17 de abril e os cursos passam por Programação de Scraft, Manutenção de Computações, Ilustração e Tecnologia de Impacto Ambiental.

LabSonica Academy
O Oi Futuro e o IATEC promovem o projeto de capacitação e reciclagem de agentes, artistas, produtores e técnicos da cadeia da música nas áreas de criação, produção, divulgação e distribuição musical. Inédito e gratuito, o projeto une inovação, tecnologia e a experiência de profissionais renomados no mercado para oferecer no formato virtual quatro workshops e quatro cursos livres de formação, considerando as transformações desse mercado, seus rigores técnicos e avanços tecnológicos. As aulas acontecem entre os dias 3 de maio e 7 de junho e as inscrições podem ser realizadas gratuitamente até o dia 2 de maio (workshop) e 6 de maio (cursos) através do link https://www.sympla.com.br/iatec.

 

Publicidade

Fotos destaque: Reprodução/Instagram


Gabriela Rassy
Jornalista enraizada na cultura, caçadora de arte e badalação nas capitais ensolaradas desse Brasil, entusiasta da cena musical noturna e fervida por natureza.

Canais Especiais Hypeness