Inspiração

E o Vídeo Levou: tradicional videolocadora gaúcha fecha as portas depois de 32 anos

Vitor Paiva - 08/04/2022 às 10:28

Depois de 32 anos de atividades, uma das últimas videolocadoras do estado do Rio Grande do Sul anunciou que enfim irá fechar as portas em abril: localizada no bairro do Jardim Botânico, na Zona Leste de Porto Alegre e chamada de Centro de Entretenimento E o Vídeo Levou, a locadora é uma das mais conhecidas da capital gaúcha, e na época em que para assistir um filme era preciso ir ao cinema ou alugar uma fita VHS ou um DVD, chegou a ter mais de 40 mil títulos em seu acervo. Curiosamente, engana-se quem pensa que o motivo do fechamento é a falta de clientes pela concorrência dos serviços de streaming: o problema é mesmo a falta de novos produtos.

A videolocadora em Porto Alegre foi inaugurada em 1989

A videolocadora em Porto Alegre foi inaugurada em 1989

-Ele recriou uma vídeo locadora dos anos 1980 em seu porão

“Cliente a gente tem, tem de locação, tem de venda. O que não tem mais é produto”, afirmou Charles Schumacher, gerente da locadora, em matéria para a RBS TV. Segundo Schumacher, apesar de ainda possuir frequência de clientes suficiente para manter o negócio aberto, as produtoras e distribuidoras de filmes passaram a priorizar as transmissões pela internet e os serviços de streaming, abandonando os formatos físicos, e simplesmente deixando de fabricar DVDs ou, claro, os bons – e velhos – VHS, ainda oferecidos no Centro de Entretenimento gaúcho. Consta que a tradicional qualidade do serviço no local não caiu nem mesmo nesses dias finais, mantido com bom humor e informações cinematográficas precisas.

O local se tornou um centro de aluguel de filmes, mas também de encontro

O local se tornou um centro de aluguel de filmes, mas também de encontro

No auge, a locadora chegou a ter 40 mil títulos em seu acervo

No auge, a locadora chegou a ter 40 mil títulos em seu acervo

-O fim do reinado: agora só existe uma Blockbuster no mundo inteiro!

Não é por acaso que o acervo atualmente se encontra abaixo da metade do que já possui, na casa dos 15 mil títulos: nos últimos anos, a maioria dos clientes buscava o local mais para compra de títulos do que para o aluguel – que, segundo o gerente, ainda atrai somente os mais antigos e fiéis frequentadores, que preferem as locadoras não só para encontrar títulos raros e não disponíveis em streaming, como para receber indicações e colocar o papo em dia. Um saldão especial de fechamento, onde tudo foi posto à venda por R$ 10, busca zerar o estoque, para enfim fechar as portas desse verdadeiro ponto de encontro dos cinéfilos gaúchos.

O gerente Charles, à esquerda, e o fundador Álvaro, à direita, seguirão sócios no novo empreendimento

O gerente Charles, à esquerda, e o fundador Álvaro, à direita, seguirão trabalhando juntos

-Em 2019, vinil vendeu mais que CD pela primeira vez desde 1986

Segundo Charles, nos tempos áureos em que a fita de VHS era o principal produto de aluguel, o filme Ghost – Do Outro Lado Da Vida era o mais procurado, chegando a ter 10 cópias disponíveis para locação, e formando filas de até 100 pessoas em espera – quando os DVDs tomaram conta das prateleiras, o maior sucesso foi o documentário This Is It, de Michael Jackson, lançado em 2009. A locadora E o Vídeo Levou foi fundada em 1989 pelos irmãos Álvaro e Edla Bertani e, após a “última sessão”, será transformada em uma agência de intercâmbios, que funcionará no mesmo local, numa sociedade entre Charles e Álvaro, que permaneceu trabalhando como proprietário da locadora desde sua inauguração.

Ao anunciar o fechamento, a locadora colocou todo o acervo à venda por R$ 10 cada título

Ao anunciar o fechamento, a locadora colocou todo o acervo à venda por R$ 10 cada título

Publicidade

© fotos: Facebook/reprodução


Vitor Paiva
Escritor, jornalista e músico, Vitor Paiva é doutor em Literatura, Cultura e Contemporaneidade pela PUC-Rio. Autor dos livros Tudo Que Não é Cavalo, Boca Aberta, Só o Sol Sabe Sair de Cena e Dólar e outros amores, publica artigos, ensaios e reportagens.

Canais Especiais Hypeness