Debate

Eliana: críticas por cabelo curto de apresentadora mostram caretice do machismo

Patrocinado por: Namore-se
Redação Hypeness - 19/04/2022 às 14:52 | Atualizada em 29/04/2022 às 15:54

Eliana deu pinta belíssima de cabelo curto em seu programa no SBT. Isso foi o suficiente para o monstro do moralismo machista despertar do bueiro para criticar o corte. Nos comentários, homens destilaram sua opinião que ninguém pediu sobre o visual da apresentadora de 49 anos.

Eliana fez um post nos stories ironizando os caretas de plantão. Na legenda, a apresentadora convidava mulheres para um debate sobre comentários desagradáveis relacionados ao seu novo visual. “Mulher não fica bonita de cabelo curto” bradava um desocupado. “Esse corte de cabelo deixa você com aparência de mulher mais velha”, vinha outro especialista em beleza feminina.

Eliana: críticas por cabelo curto de apresentadora mostram caretice do machismo

Eliana: críticas por cabelo curto de apresentadora mostram caretice do machismo

No vídeo publicados nos stories, Eliana fez gestos de blá-blá-blá com a mão, ao som de “Without Me”, do Eminem, ironizando como as pessoas falam demais e querem opinar sobre o que não lhes diz direito. O público de Eliana respondeu com uma enxurrada de comentário enaltecendo a beleza da apresentadora.

Ela também foi elogiada por personalidades, como Tata Wernek, Gaby Amarantos, Erika Hilton, Eliane Brum, Thelminha, entre muitos outros que a incentivavam a manter as mechas curtas.

—Leia mais: Atriz brasileira mostra preconceito que recebeu após cortar cabelo curto e dá aula de respeito e tolerância

Capa da revista Quem em fevereiro deste ano, a apresentadora falou sobre as cobranças e padrões de beleza impostos pela sociedade. “Acho que a mulher é condicionada a alguns padrões – e que bom que isso vem sendo quebrado ao longo dos anos. Relaciono o envelhecer à vida. Se você não envelhece, você morre cedo. Eu amo viver e, inevitavelmente, vou envelhecer. A gente tem que parar de se cobrar por isso. Envelhecer tem a ver com viver e aceitar sua vida como ela é, como ela está, aceitar o seu momento e vivê-lo na plenitude. Acho que é isso que eu estou vivendo”, disse.

“Vou fazer 50 anos de idade e estou na plenitude e com autoaceitação. Estou me curtindo, estou feliz com a família que eu construí e vivo um momento profissional incrível e também como mulher. Estou em uma fase muito segura. Quero celebrar esse momento”, completou.

—Leia também: Padrões de beleza: a relação do cabelo curto com o feminismo

Publicidade

Fotos: Reprodução/Instagram


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.