Inspiração

Mega-sena: novos milionários gastaram R$ 17 em bolão e celebram dinheiro que ‘caiu do céu’

Vitor Paiva - 20/04/2022 às 09:11

Um grupo de funcionários de uma empresa de logística da zona portuária da cidade de Santos, no litoral paulista, se reuniu para uma aposta coletiva na Mega Sena – e levou o prêmio de R$ 122,6 milhões no concurso 2468, sorteado no sábado do dia 2 de abril.

O bolão reuniu 44 pessoas a um custo de R$ 17,18 por pessoa, e foi registrado em uma casa lotérica ao meio-dia do próprio sábado.

Após ser dividido, cada participante levou R$ 2.786.981,17 – causando comoção e revolta entre os funcionários da empresa que não participaram da aposta. Além do bolão vencedor, 267 apostas acertaram a quina e levaram pouco mais de R$ 34 mil, e 20.734 apostadores acertaram a quadra e receberam R$ 628,38.

Imagem do bilhete vencedor, revelada anonimamente por um dos participantes do bolão

Imagem do bilhete vencedor, revelada anonimamente por um dos participantes do bolão

-A ex-‘bbb’ que ganhou 57 vezes na loteria e contabiliza R$ 2 milhões em prêmios

Segundo reportagem do G1, um dos vencedores – que preferiu não se identificar por motivos de segurança – informou que, após o anúncio, os trabalhadores que não participaram da aposta da empresa Marimex, operadora que presta serviços de terminal alfandegário para contêineres do porto de Santos, eram vistos “chorando sem parar”.

A aposta em 44 cotas foi realizada na lotérica Santo & Santo, no bairro Vila Mathias, e os números sorteados foram 22 – 35 – 41 – 42 – 53 – 57. A aposta coletiva também escolheu os numerais 06, 13 e 46, mas estes não foram necessários: o valor apostado foi multiplicado em 162 mil vezes.

Marimex

A empresa onde os novos milionários trabalham presta serviços de logística no porto de Santos

-A aposta singela de R$ 3,50 que venceu a Mega-Sena acumulada de R$ 289 milhões

A partir da divulgação do resultado, rapidamente alguns nomes vazaram nas redes sociais entre os moradores de Santos, levando a Marimex a dispensar os vencedores e deslocá-los para o trabalho remoto, em home office, a fim de controlar a repercussão e proteger os funcionários.

Entre os participantes do bolão estão executivos, coordenadores, gerentes, analistas, faxineiras, e técnicos em refrigeração. A empresa não comentou o assunto, e orientou os funcionários a também não comentarem nem darem entrevistas. Responsável pela operação de 10% dos contêineres do Porto de Santos, a Marimex trabalha com 1.300 funcionários.

Lotérica onde a aposta coletiva foi registrada: o bolão foi oficializado no próprio dia do sorteio

Lotérica onde a aposta coletiva foi registrada: o bolão foi oficializado no próprio dia do sorteio

-Ele ganhou R$ 5 milhões na loteria e continua trabalhando: ‘Dia a dia normal’

O grupo de funcionários da empresa vinha se reunindo semanalmente para apostar na loteria há quatros anos e, entre os vencedores, segundo relatos, estão pessoas que perderam tudo recentemente por conta de enchentes recentes na região – o dinheiro, portanto, “caiu do céu” para contornar a difícil situação.

Essa é a quinta vez que o prémio máximo da Mega Sena vai para um morador de Santos nos últimos anos: em outubro do ano passado, uma apostadora ganhou sozinha R$ 11,5 milhões e, em 2020, outra pessoa faturou R$ 6,6 milhões na cidade.

A Marimex é responsável por 10% das movimentações de contêineres na zona portuária da cidade

A Marimex é responsável por 10% das movimentações de contêineres na zona portuária da cidade

Publicidade

© foto 1: Arquivo pessoal

© foto 2, 4: Marimex/divulgação

© foto 3: Google Maps/reprodução


Vitor Paiva
Escritor, jornalista e músico, Vitor Paiva é doutor em Literatura, Cultura e Contemporaneidade pela PUC-Rio. Autor dos livros Tudo Que Não é Cavalo, Boca Aberta, Só o Sol Sabe Sair de Cena e Dólar e outros amores, publica artigos, ensaios e reportagens.

Canais Especiais Hypeness