Viagem

Quais são as melhores cidades para viver no mundo? Esta lista reúne algumas delas

Redação Hypeness - 06/04/2022 às 10:44 | Atualizada em 10/04/2022 às 19:55

Todos os anos, a Global Finance faz uma lista das melhores cidades para viver no mundo. O ranking de 2022 já saiu e foi elaborado com base em oito fatores: força econômica; pesquisa e desenvolvimento; interação cultural; habitabilidade; meio ambiente; acessibilidade; mortes por Covid-19 por mil para o país; e taxa de crescimento anual da população.

Pelos parâmetros usados para avaliar as cidades pelo mundo, já podemos imaginar que nenhuma cidade brasileira não está entre as primeiras classificadas, mas alguns dos locais na lista certamente podem te surpreender.

Pessoas caminhando na rua em Londres

Quais são as melhores cidades para viver no mundo? Esta lista reúne algumas delas

Qual a cidade mais segura do mundo e qual a posição de São Paulo e Rio na lista

Todos os fatores usados para elencar os melhores lugares para viver são críticos para quantificar a qualidade de vida das pessoas que vivem em áreas urbanas. Os primeiros seis fatores (força econômica, pesquisa e desenvolvimento, interação cultural, habitabilidade, meio ambiente e acessibilidade) vêm do índice Global City Power.

O estudo fornece uma infinidade de pontuações que quantificam diferentes aspectos da vida da cidade, incluindo fatores culturais, tecnológicos, ambientais e econômicos. A lista de cidades do relatório do Global City Power forma a base para que o Global Finance decida quais cidades entram na lista. Já as mortes por Covid-19 por mil habitantes, vêm de uma combinação da Johns Hopkins University e Statista para as cidades restantes. O crescimento populacional é baseado em dados da Macrotrends.

Tóquio fica entre as 10 melhores cidades para viver no mundo em 2022

Tóquio fica entre as 10 melhores cidades para viver no mundo em 2022

—Passeio virtual por cidades do mundo com direito a som ambiente e rádio local

Conheça agora as top 10 melhores cidades para se viver em 2022:

#10 | Amsterdã, Países Baixos
Amsterdã subiu surpreendentemente do 14º lugar na lista de 2020 para o 10º lugar, com pontuação mais alta do que outras cidades europeias, como Viena, Berlim e Copenhague, impulsionadas por melhores pontuações de habitabilidade e acessibilidade. Outro fator é que Amsterdã tem custo de vida mais baixo em comparação com seus concorrentes europeus e mais variedade de opções de transporte.

#9 | Nova York, Estados Unidos
A cidade de Nova York é a única cidade americana no ranking deste ano devido à sua forte economia, significado cultural e pesquisa e desenvolvimento. Os fatores que a empurram do quarto lugar em 2020 para o nono lugar em 2022 são a taxa de mortalidade por Covid-19 extremamente alta nos Estados Unidos e o alto custo dos aluguéis da cidade.

#8 | Pequim, China
A ascensão de Pequim a uma das 10 melhores cidades para se viver é uma surpresa, já que ficou em 22º lugar em 2020. Pequim tem uma pontuação baixa em habitabilidade – embora isso esteja mudando recentemente – e seus altos níveis de poluição produzem uma pontuação baixa de segurança ambiental. No entanto, o ranking de Pequim se beneficiou da baixa taxa de mortalidade por Covid-19 da China e do crescimento populacional da cidade de aproximadamente 2% no ano passado. Pequim pode ter problemas, mas a cidade está crescendo e evoluindo.

#7 | Paris, França
Paris sofreu muito recentemente. A taxa de mortalidade por Covid-19 na França foi maior que a média global e o crescimento populacional de Paris é mínimo. No entanto, a cidade pontua bem em métricas tradicionais, como significado cultural e habitabilidade.

#6 | Sydney, Austrália
Logo atrás de sua cidade australiana Melbourne está Sydney e eles compartilham muitos dos mesmos pontos fortes: segurança ambiental robusta, uma economia moderadamente forte que está crescendo bem e os bloqueios do governo australiano conseguiram limitar as mortes por Covid-19 per capita.

#5 | Melbourne, Austrália
Melbourne manteve seu 5º lugar no ranking de 2020 por ser forte no ambientalismo. Ele não apenas estabelece diretrizes rígidas em busca de emissões zero de carbono, mas também tem uma variedade de grupos buscando agressivamente caminhos judiciais para padrões ambientais mais rígidos. Melbourne também experimentou um crescimento populacional significativo, apesar da pandemia.

#4 | Cingapura, República de Cingapura
Cingapura exibe pontos fortes semelhantes às outras cidades asiáticas no top 10 deste ano. Ela marcou moderadamente bem em força econômica, importância cultural e segurança ambiental e limitou com sucesso as mortes por Covid-19 per capita.

#3 | Xangai, China
Usando métricas tradicionais, Xangai não teria ficado entre os 10 primeiros porque suas pontuações em força econômica, importância cultural e segurança ambiental deixam muito a desejar. O que diferencia Xangai são os números excepcionalmente baixos de mortes por Covid-19 devido à política de enfrentamento à pandemia da China e seu forte crescimento populacional.

#2 | Tóquio, Japão
Tóquio fica em segundo lugar, pois tem uma pontuação muito alta no combate ao Covid-19. A cidade também demonstra continuamente uma paixão por pesquisa e desenvolvimento em setores de tecnologia e seu imenso sistema de transporte público oferece um alto nível de acessibilidade. Mesmo assim, Tóquio tem um ponto fraco em uma área chave: o crescimento populacional. Tóquio é uma das poucas cidades entre as 10 principais a sofrer declínio populacional no ano passado.

#1 | Londres, Reino Unido
Londres conquista o primeiro lugar com pontuações altas em tudo, exceto Covid-19, já que o Reino Unido lidou com aumentos significativos no número de casos desde o início da pandemia até janeiro de 2022. No entanto, a força de Londres em cultura, acessibilidade e um crescimento populacional surpreendentemente forte a colocou acima e além de todas as outras cidades do mundo.

—Estádios podem arruinar cidades (sabemos bem) mas também podem salvá-las; entenda

Publicidade

Fotos: Getty Images


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Canais Especiais Hypeness