Gastronomia

Tarântulas, pés e peixe azedo: algumas das comidas mais estranhas do mundo (para o nosso paladar)

Redação Hypeness - 01/04/2022 às 09:52

A culinária é um mundo praticamente infinito: em cada canto dessa planeta existe uma forma de se comer diferente. E, se de região em região do Brasil as coisas já mudam, imaginem quando pensamos nessa escala global. Comidas exóticas e diferentes são sempre alvo de atenção e despertam interesse sobre outros países e hoje iremos falar de comidas que, para nosso paladar ocidentalizado, não nos parecem necessariamente gostosas.

– Sopa de cobra e escorpião, o prato sinistro que fazem qualquer um suar de medo

1. Tarântulas

Tarântulas são comida de elite em países do sudoeste asiático

A primeira delas é a tarântula frita: essa aranha costuma ser considerada uma das mais perigosas do mundo e já virou até filme de terror, mas no Camboja e na Tailândia – países vizinhos no sudeste asiático -, essa espécie vira uma fritura por imersão que acompanha molho apimentado, pimentas e pepino em geral. Ela é considerada um prato de elite.

– Pizza no pneu, macarrão no copo: comidas estranhas servidas de forma duvidosa

2. Pé de porco fermentado

O próximo da nossa seleção de comidas exóticas é um amigo ocidental. O pé de porco fermentado e em conserva é uma estranha forma de consumir carne comum no sul dos EUA, no norte do México, em algumas regiões da Itália e da China.

Basicamente, o pé do porco entra no mesmo processo de cura que o bacon e que o presunto, mas depois de ficar pronto é imerso em uma salmoura de vinagre, sal e açúcar. O resultado é uma carne salgada e ácida – que promete durar por meses e meses.

Pés de porco fermentados podem ser consumidos direto do pote: e aí, você comeria?

3. Peixe azedo

Para fazer o Lutfisk você deve ter um peixe branco em suas mãos, posteriormente deve salgá-lo como um bacalhau. Até aí tudo certo. Então, o lutfisk é dessalgado em água e, logo após esse processo, é levado para um banho de semanas em água de lixívia, uma substância extremamente ácida. Após dias nessa substância, o peixe se dissolve e vira uma pasta com pH de 11 ou 12, o que é literalmente letal em caso de consumo direto.

Depois, o Lutfisk vai para uma água para tirar o ácido e se transforma em uma pasta azeda de peixe considerada uma iguaria na Noruega.

– 10 comidas típicas ao redor do mundo para experimentar antes de morrer

O peixe azedo norueguês é extremamente complexo e extremamente desagradável

4. Saúva

As saúvas são formigas consumidas na região do vale do Paraíba, em São Paulo. Esses insetos são consumidos usualmente em uma farofa, e são fritos. Esse alimento é comum na região há séculos e se tornou parte importante de sua cultura. Apesar de não ser popular no resto do país e causar estranhamento em muitos, quem prova a saúva (quase) sempre gosta.

Saúva é iguaria da região do interior de São Paulo e é consumida há séculos

Publicidade

Fotos: Reprodução/Instagram


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Canais Especiais Hypeness