Inspiração

Como as suculentas coloridas da África do Sul evoluíram para se parecer com pedras

19 • 05 • 2022 às 10:18
Atualizada em 23 • 05 • 2022 às 10:17
Gabriela Rassy
Gabriela Rassy   Redatora Jornalista enraizada na cultura, caçadora de tendências, arte e conexões no Brasil e no mundo. Especializada em jornalismo cultural, já passou pela Revista Bravo! e pelo Itaú Cultural até chegar ao Catraca Livre, onde foi responsável pelo conteúdo em agenda cultural de mais de 8 capitais brasileiras por 6 anos. Roteirizou vídeo cases para Rock In Rio Academy, HSM e Quero Passagem, neste último atuando ainda como produtora e apresentadora em guias turísticos. Há quase 3 anos dá luz às tendências e narrativas culturais feministas e rompedoras de fronteiras no Hypeness. Trabalha em formatos multimídia fazendo cobertura de festivais, como SXSW, Parada do Orgulho LGBT de SP, Rock In Rio e LoollaPalooza, além de produzir roteiros, reportagens e vídeos.

Se você gosta de plantas diferentonas e vive pegando mudas por onde quer que passe, temos um novo objeto de desejo para te apresentar. A lithops é uma suculenta nativa da África do Sul e com tantas cores e formatos lindos, você que tem vício em plantas certamente vai amar.

Apelidadas de pedras vivas, elas realmente se parecem mais com pequenas rochas lisas do que com as verdinhas que costumamos ver. Realmente, essas suculentas se parecem tanto com pedras, que você pode bate aquela tentação de tocar para ver se é um ser vivo de verdade.

Como as suculentas coloridas da África do Sul evoluíram para se parecer com pedras

Como as suculentas coloridas da África do Sul evoluíram para se parecer com pedras

—Essas são algumas das plantas mais surreais e inusitadas do mundo

Lithops deve sua aparência única ao fato de quase não ter haste. O que vemos principalmente são as folhas bulbosas fundidas umas nas outras que brotam do solo. Essas folhas têm uma fenda entre elas, o que permite espaço para as flores desabrocharem e para que novas folhas apareçam.

A maioria das folhas da planta está realmente no solo e a planta tem uma pequena janela translúcida que permite que a luz penetre e acesse essas folhas para a fotossíntese. Uma vez por ano, no inverno, as folhas acima da superfície se separam e novas aparecem da mesma fenda. As folhas velhas murcham e morrem, abrindo caminho para um novo ciclo.

Lithops é uma suculenta nativa da África do Sul

Lithops é uma suculenta nativa da África do Sul

Se isso não bastasse, essas pedras vivas também são conhecidas por sua variedade de cores e padrões. Variando de cinza claro a vermelho escuro ou verde, essas suculentas geralmente têm uma aparência manchada ou listrada. Essas adaptações permitem que a planta se misture ao ambiente.

Na natureza, lithops é mais comumente encontrado na Namíbia e na África do Sul. Também se tornou uma planta doméstica popular. Com cerca de 150 variedades diferentes, existem muitos tipos para escolher. E, a boa notícia é que eles são relativamente fáceis de cuidar. Desde que recebam luz solar – mas não direta – e sejam plantadas em solo bem drenado, elas devem prosperar.

Como boas suculentas, elas realmente só precisam ser regadas uma vez a cada duas semanas, já que armazenam uma boa quantidade de água, então também são perfeitas para pessoas que não têm o tal “dedo verde” – pessoas que se dão bem com plantas.

As Lithops podem ser cultivadas por propagação ou sementes. As sementes demoram um pouco mais para germinar, mas são uma boa opção se você estiver comprando online. E pasme! Dá para comprar no Brasil, meninas!

O pessoal já sabe quem tem gente nóia de planta que nem eu e você que chegou até aqui nesse texto e tem um SITE INTEIRO (NA MORAL) com sementes dessa belezinha. Vou deixar alguns aqui, tá? Desculpa e de nada.

https://www.lithops.com.br/

https://www.gardenmania.com.br/ 

https://www.suculentasjardimbrilhante.com.br/

‘Pai de planta’ com mais de 200 espécies indoor dá dicas para cultivar seu jardim

Publicidade

Canais Especiais Hypeness