Ciência

Dente gigante do maior tubarão que já existiu é achado acidentalmente por garoto em praia

16 • 05 • 2022 às 10:19
Atualizada em 18 • 05 • 2022 às 09:12
Redação Hypeness
Redação Hypeness Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Encontrar um dente de tubarão pode ser bastante comum, já que os enormes peixes podem perder um conjunto de dentes a cada uma ou duas semanas, chegando a trocar a dentição até 40 mil vezes ao longo de sua vida. E um garotinho de 6 anos realmente encontrou um. O que ele não sabia é que este dente era do maior tubarão que já existiu, há três milhões de anos.

O estudante Sammy Shelton estava em uma praia na Inglaterra quando encontrou o dente de tubarão megalodonte enquanto procurava conchas. O item pertencia ao tubarão pré-histórico especializado em matar baleias e foi achado durante uma viagem com seu pai para Bawdsey Beach em Suffolk.

Dente gigante do maior tubarão que já existiu é achado acidentalmente por garoto em praia

 

Seus colegas de classe ficaram impressionados quando ele pegou o fóssil antigo, pertencente ao maior tubarão que já existiu, para uma apresentação.

—Dente gigante do maior tubarão que já existiu é encontrado por mergulhador nos EUA

E Sammy agora está dormindo com o dente de quatro polegadas ao lado de sua cama depois de fazer a descoberta única.  O extinto megalodonte – que significa “dente grande” – percorreu os mares cerca de 23 a 3,6 milhões de anos atrás.

Seu pai, Peter Shelton, disse que o dente “era enorme e muito pesado. Eu sabia o que era, mas não foi até que eu levei para outras pessoas olhando na praia que percebi o significado”.

Sammy ganhou um distintivo de ‘explorador’ de seu grupo local Beavers desde que encontrou o dente. Ele agora está ansioso para voltar à praia para desenterrar mais fósseis em potencial. Esses dentes de tubarão foram já encontrados em todos os continentes, exceto na Antártida.

Em 2018, o filme The Meg, estrelado por Jason Statham, fez muitas pessoas acreditarem que o megalodonte ainda poderia estar à espreita nas profundezas escuras do mar. Mas o Museu de História Natural descartou quaisquer teorias de que, neste caso, a arte possa imitar a vida.

—Fósseis de peixes mortos uma hora após asteroide atingir Terra dão novas pistas sobre extinção dos dinossauros

Os pesquisadores dizem que no final do Plioceno (2,6 milhões de anos atrás), o planeta entrou em uma fase de resfriamento global, e o tubarão foi extinto quando não conseguiu sobreviver nas profundezas frias do oceano.

Publicidade

Fotos: Peter Shelton e Getty Images


Canais Especiais Hypeness