Debate

Deputado conservador e anti-LGBT dos EUA tem vídeo íntimo com outro homem vazado

Redação Hypeness - 06/05/2022 às 12:50

O deputado trumpista Madison Cawthorn, do Partido Republicano dos EUA, teve um vídeo íntimo vazado nas redes sociais. Nas imagens, o parlamentar conservador é visto nu com outro homem em uma cama.

O conservador é apoiador do Partido Republicano, conhecido por suas legislações anti-LGBT, como a lei ‘Don’t Say Gay’, recentemente aprovada na Flórida, que proibiu falas sobre diversidade sexual nas escolas do estado.

Ele é um dos mais radicais parlamentares conservadores dos EUA; semana de escândalos tem deteriorado campanha do deputado

Madison Cawthorn tem 26 anos e é o parlamentar mais jovem do Congresso dos EUA atualmente. Ele representa o 11º distrito da Carolina do Norte e ganhou a eleição surfando na onda do ex-presidente Donald Trump.

Engajado no discurso do populismo de extrema-direita, Cawthorn é considerado um membro da nova política e um outsider dentro do Partido Republicano. Suas declarações controversas e outros escândalos fazem com que o parlamentar não seja exatamente um membro padrão do congresso.

Vídeo mostrou deputado fazendo sexo com outro homem; ele já se posicionou diversas vezes contra o movimento LGBTQIA+ e afirmou que se tratava de uma brincadeira

Cawthorn está tentando se reeleger para o cargo de deputado federal. O cristão conservador afirmou que estava “brincando com um amigo” no vídeo.

“Há anos atrás, nesse vídeo, eu estava brincando com um colega, tentando ser engraçado. Estávamos fazendo besteira e brincando. É isso. Eu não vou voltar atrás. Eu avisei a todos que essa seria uma campanha suja. A chantagem não irá vencer. Nós iremos”, disse Cawthorn em uma publicações no Twitter.

Escândalos envolvendo Madison Cawthorn

No mês passado, Cawthorn foi preso recentemente por tentar entrar no avião com uma arma carregada. Uma semana depois, foi multado por dirigir com a habilitação vencida e perdeu a carteira de motorista.

Recentemente, o deputado disse que foi convidado para uma orgia com membros do Congresso regadas à cocaína. Na semana passada, fotos dele usando lingerie numa boate gay foram vazadas.  Cawthorn afirmou que seu “gênero não mudou quando usou roupas femininas. E o de ninguém muda”.

Uma semana antes, imagens de Cawthorn de lingerie em uma boate LGBT de Raleigh, na Carolina do Norte, foram divulgadas pelo site Politico; ele deu resposta transfóbica à publicação

Essa não foi a primeira fala homofóbica ou transfóbica do político conservador. Ele afirmou que o movimento LGBT deveria parar de exigir direitos ao conquistar o casamento entre pessoas do mesmo sexo. “Agora, eles querem crianças trans. Quando irão parar?”, dissse.

Os escândalos culminaram no vídeo íntimo do parlamentar. As imagens não param de se espalhar no Twitter.

Cawthorn é um membro da ala mais conservadora do Partido Republicano, que envolve as figuras mais próximas do movimento QAnon e apelam para a base mais radical do Trumpismo.

Os discursos polêmicos são parte necessária do jogo político dos EUA, onde a polarização está em seu pico histórico

Como as eleições por lá não exigem comparecimento obrigatório, ter um grupo de eleitores radicais pode auxiliar na conquista de um cargo para o Congresso. Essa é a aposta de Madison.

Cheio de inimigos dentro de seu partido e no establishment político de Washington, a campanha Cawthorn tem caído em queda livre nas últimas semanas. Será que o bom cristão conservador se reelegerá para o parlamento?

 

 

 

Publicidade

Fotos: Destaque e Foto 1: © Getty Images Foto 2 e 3: Reprodução/Politico


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Canais Especiais Hypeness