Arte

Exu da Grande Rio no Carnaval, Demerson D’Alvaro vai estrelar série no Globoplay

18 • 05 • 2022 às 09:04
Atualizada em 19 • 05 • 2022 às 10:34
Vitor Paiva
Vitor Paiva   Redator Vitor Paiva é jornalista, escritor, pesquisador e músico. Nascido no Rio de Janeiro, é Doutor em Literatura, Cultura e Contemporaneidade pela PUC-Rio. Trabalhou em diversas publicações desde o início dos anos 2000, escrevendo especialmente sobre música, literatura, contracultura e história da arte.

Depois de interpretar Exu no desfile campeão da Grande Rio como um dos grandes destaques do carnaval de 2022, o ator carioca Damerson D’Alvaro assinou contrato com a TV Globo no último dia 9 de maio. O novo trabalho de Damerson será na série “O Jogo que Mudou a História”, desenvolvida por José Junior, do grupo AfroReggae, que irá contar a ascensão das facções criminosas no Rio de Janeiro e o estabelecimento dos grupos no poder.

A novidade foi revelada pelo colunista Ancelmo Góis, do jornal O Globo.

O ator carioca Damerson D’Alvaro tem 35 anos

O ator carioca Damerson D’Alvaro tem 35 anos

-Projeto de lei quer fazer de Exu patrimônio do Rio de Janeiro

“Viver o Exu na avenida foi sem dúvidas um divisor de águas na minha vida. Hoje, com calma, eu consigo avaliar melhor tudo o que estou vivendo. O sentimento é de gratidão e dever cumprido e as expectativas são as melhores possíveis”, afirmou Demerson para a coluna de Ancelmo.

A interpretação do artista no carnaval foi um dos pontos mais inesquecíveis do desfile da Grande Rio, que defendeu na avenida o enredo “Fala, Majeté! Sete chaves de Exu”, homenageando o orixá cultuado em diversas religiões africanas. O colunista também confirmou a participação do artista no novo livro do fotógrafo Fernando Torquato, que trará somente personalidades negras retratadas.

Damerson interpretando Exu no desfile da Grande Rio, campeã do carnaval de 2022

Damerson interpretando Exu no desfile da Grande Rio, campeã do carnaval de 2022

-Escolas de samba: 6 desfiles que lutaram contra o racismo religioso

Segundo a divulgação, a primeira temporada da série será ambientada entre os anos de 1977 e 1989, retratando o crescimento do comércio de drogas no período, bem como o surgimento dos grandes grupos de tráfico e das lideranças que criaram tais organizações, e a intensa guerra – entre os grupos e o estado – que surgiu como desdobramento do processo.

“Estar, não só no elenco dessa série, como também no livro do Fernando Torquato, que traz só personagens negros, é com certeza um grande presente para a minha carreira, já que para chegar até aqui foram travadas muitas lutas”, afirmou, para a coluna.

Ao lado de José Júnior, do AfroReggae, autor da série

Ao lado de José Júnior, do AfroReggae, autor da série

-A vida luxuosa do traficante considerado um dos principais fornecedores de drogas da Zona Sul

De autoria de José Junior, fundador do grupo AfroReggae, ONG que promove inclusão e combate a desigualdade social com arte e cultura em comunidades do Rio, a serie terá o cineasta Matias Mariani como um dos membros do time de diretores, e irá inicialmente ao ar no Globoplay.

Além de Demerson, o elenco de “O Jogo que Mudou a História” terá artistas como Rômulo Braga, que interpretará um dos fundadores do grupo Falange Vermelha, Pedro Wagner, que viverá o diretor da associação de moradores de uma comunidade, e ainda Maha Sati, Jonathan Azevedo, Fabricio Assis e Lucio Mauro Filho, entre outros.

A participação do ator no desfile foi um dos grandes destaques do carnaval em abril desse ano

A participação do ator no desfile foi um dos grandes destaques do carnaval em abril desse ano

Publicidade

© fotos 1, 2, 4: Instagram/reprodução

© foto 3: Divulgação


Canais Especiais Hypeness