Inspiração

Gato com rosto bicolor vira pai e cada filhote nasce com uma de suas cores

Redação Hypeness - 04/05/2022 às 10:10 | Atualizada em 11/05/2022 às 12:01

Nárnia não é um nome de gato muito comum no Brasil, mas esse não é um problema para os mais de 250 mil seguidores que esse gatinho acumula nas redes sociais.

Este felino francês é um enigma para aqueles que acreditam que os gatos e os parisienses são blasés. Com muito carisma e uma beleza extremamente singular – com o rosto bicolor dividido ao meio -, este animal se difere e por isso acumula seguidores e publis nas redes sociais.

– Vídeo fofo de gatinha descobrindo que tem orelhas viraliza geral

Gatinho duas caras acabou se tornando sucesso nas redes depois de ter dois filhos “meio” parecidos com ele

Nárnia é tutorado pela francesa Stephanie Jimenez, uma empresária do ramo dos pets. Ela tem Nárnia há 4 anos e alguns meses e o gatinho tem se tornado um fenômeno nas redes desde então.

– Gatinho invade gravação na Globo e viraliza; veja o vídeo

Mas ele dominou as manchetes do mundo em 2020 por um motivo bastante curioso. O gatinho – que não é castrado – acabou engravidando uma gatinha. De acordo com Stephanie, a gestação gerou dois pequenos animais.

Confira vídeos dele:

 

Meio a meio

Os gatinhos de Stephanie Jimenez saíram cada como uma metade de Nárnia; caso viralizou nas redes e voltou a ser comentado nas últimas semanas

Cada um deles possui a cor de uma metade de Nárnia. Um deles saiu cinza como a metade direita de seu rosto, e o outro saiu com os pelos pretos como na metade esquerda.

– Você vai ganhar o dia com as fotos desse gatinho reinando soberano em seu santuário

“Cada filho meu tomou uma parte de mim”, escreveu Stephanie nas redes sociais de Nárnia.

O caso viralizou nas redes sociais e deu repercussão na imprensa internacional. Hoje, Nárnia continuando fazendo filhotes, mas eles não são exatamente como ele.

A condição de Nárnia é justificada pelo termo “quimerismo”. Relativamente comum entre os felinos, esse fenômeno se define pela fusão de dois DNAs no útero da mãe, que dá a luz a uma animal com a aparência de dois “pais” diferentes. É justamente o que ocorre com Nárnia.

Apesar de comum em animais, o quimerismo é raro entre nós. Para entender como ocorre o quimerismo humano, contamos a história de Lydia Fairchild, a mulher que deu à luz aos filhos de uma pessoa que nunca existiu. 

 

Publicidade

Fotos: Reprodução/Instagram


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Canais Especiais Hypeness