Diversidade

Janelle Monáe se descobre não-binária e diz ‘sentir toda a energia’

Redação Hypeness - 05/05/2022 às 10:14 | Atualizada em 06/05/2022 às 09:58

Janelle Monáe se descobriu uma pessoa não-binária. O anúncio de sua identidade de gênero foi feito em um episódio recente do “Red Table Talk”, comandado por Jada Pinkett Smith, Willow Smith e Adrienne Norris. Cantora indicada ao Grammy, Janelle já havia se assumido pansexual em uma reportagem de capa da Rolling Stone de 2018.

“Sou não-binária, então não me vejo apenas como mulher”, disse Monáe no programa da família Smith. “Sinto toda a minha energia. Sinto que Deus é muito maior do que o ‘ele’ ou o ‘ela’. Se sou de Deus, sou tudo. Eu sou tudo, mas sempre, sempre estarei com as mulheres. Eu sempre estarei com as mulheres negras. Mas eu vejo tudo além do binário.”

Um representante de Janelle confirmou à Rolling Stone que a artista ainda usa pronomes femininos. Ela chamou a atenção pela primeira vez para ser não-binária quando twittou em 2020 um meme “Steven Universe” que dizia: “Eu não sou uma mulher, não sou um homem, sou uma experiência”.

Janelle Monáe se revela não-binária e diz 'sentir toda a energia'

Janelle Monáe se revela não-binária e diz ‘sentir toda a energia’

—Trans, cis, não-binário: listamos as principais dúvidas sobre identidade de gênero

Uma pessoa não-binária não se identifica com uma ideia de gênero descrita apenas ao masculino e ao feminino. É uma identidade de pessoa cuja identidade pode se encaixar com as representações associadas ao homem quanto à mulher ou não coincidir com nenhuma delas. Já pansexualidade fala sobre a atração por pessoas, independentemente de seu gênero ou sexo. Ou seja, uma pessoa pan pode se interessar por homens, mulheres, pessoas trans, agênero ou qualquer outra LBTQ+.

Quando questionada pela co-apresentadora do Red Table Talk, Willow Smith, sobre falar sua verdade, Janelle respondeu: “Alguém disse: ‘Se você não resolver as coisas que precisa resolver primeiro antes de compartilhar com o mundo, então estará resolvendo com o mundo. ‘ Isso é o que eu não queria fazer. Então pensei que precisava ter todas as minhas respostas corretas, não quero dizer a coisa errada.”

O que é sexismo e porque ele é uma ameaça à equidade de gênero

Janelle acrescentou que vê a energia das pessoas sobre seu gênero ou sexo. “Não vejo como você se identifica”, disse ela. “E eu sinto que isso abre você para se apaixonar por quem quer que seja, por qualquer espírito bonito.”

Janelle conversou também com a Variety sobre viver a vida com uma perspectiva não-binária. Durante uma entrevista em janeiro de 2020, sobre sua performance na segunda temporada da série “Homecoming”, da Amazon, a artista disse: “Sempre tentei me livrar de todas essas coisas – quaisquer rótulos – e trabalhar em minha jornada, onde quer que seja. Estou em autodescoberta e só quero continuar a mostrar amor a todos que continuam a viver fora do binário.”

Publicidade

Fotos: Getty Images


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Canais Especiais Hypeness