Debate

Jovem relata estupro sofrido durante Carnaval na Sapucaí: ‘Ele me enforcou’

Redação Hypeness - 05/05/2022 às 12:41 | Atualizada em 05/05/2022 às 15:04

Uma mulher de 25 anos foi vítima de um estupro durante o Carnaval da Sapucaí. Em entrevista ao Universa, a estudante de direito Ingrid Munik relatou ter sofrido violência sexual no  madrugada de domingo (1º).

Ela estava em um camarote da Sapucaí durante o Desfile das Campeãs. Por volta das 4 horas da manhã,  Ingrid saiu do local para ver o recuo da Grande Rio

Estupro ocorreu no Sambódromo do Rio de Janeiro; caso está sendo investigado pela Polícia Civil

Nesse momento, um homem alto, branco, que usava uma camiseta azul e branca, a agarrou e a levou para um local escondido dentro da Sapucaí. No espaço vazio, ele a pressionou contra a grade e abusou dela sexualmente.

“Um rapaz começou a conversar comigo e me puxou, me pressionando contra as grades e tocando minhas partes íntimas. Ele me enforcou e ia começar a chegar às vias de fato, quando comecei a gritar e ele percebeu que estavam chegando mais pessoas”, contou Ingrid a Universa.

– Gabriel Monteiro é alvo de novas denúncias de estupro: ‘Não usou preservativo e foi agressivo’

“Foi tudo muito rápido, ele sabia o que ele estava fazendo. Como ele sabia que na Marquês de Sapucaí tinha um lugar isolado?”, questiona a estudante.

Ela registrou um boletim de ocorrência na terça-feira (3) e fez um exame de corpo de delito no IML (Instituto Médico Legal). A polícia registrou o caso como estupro. As investigações estão a cargo da inspetora de polícia Cláudia Otília Caetano da Silva.

A vítima relatou ao UOL que foi vítima durante sua infância, mas que dessa vez decidiu não ficar calada. Ela pediu auxílio da organização não governamental Nós, Seguras, que lhe deu o suporte necessário para fazer a denúncia.

Violência sexual no Sambódromo: vítima foi estuprada em local deserto da Sapucaí

É importante que mulheres que tenham sido vítimas de violência sexual denunciem os casos e procurem assistência médica rapidamente. As denúncias são importantes para responsabilizar os agressores e a assistência médica é essencial para evitar infecções sexualmente transmissíveis (IST), além do apoio psicológico.

Publicidade

Fotos: Destaques: Sebástian Freire sob Creative Commons Foto Destaque: Tomaz Silva/Agência Brasil Foto 1: Sebástian Freire Foto 2: © Getty Images


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Canais Especiais Hypeness