Inspiração

Karine Jean-Pierre se torna a primeira porta-voz negra e abertamente gay da Casa Branca

Vitor Paiva - 13/05/2022 às 15:25 | Atualizada em 16/05/2022 às 19:34

O presidente dos EUA Joe Biden confirmou que a atual assessora de comunicação Karine Jean-Pierre se tornará a próxima secretária de imprensa da Casa Branca, substituindo a atual porta-voz, Jen Psaki, que deixará o cargo para trabalhar na rede de TV MSNBC. Trata-se de anúncio histórico, que fará de Jean Pierre a primeira mulher negra a ocupar a função no alto escalão do governo estadunidense, e também a primeira pessoa assumidamente gay a atuar no posto: segundo comunicado da Casa Branca, a mudança, que aconteceu no dia 13 de maio, garantirá a manutenção da “experiência, talento e integridade” da secretaria na administração Biden.

Karine Jean-Pierre, a nova secretária de imprensa e porta-voz da Casa Branca

Karine Jean-Pierre, a nova secretária de imprensa e porta-voz da Casa Branca

-EUA: a história da 1ª transgênero a ocupar cargo no alto escalão do governo federal

Karine Jean-Pierre vinha de experiência no setor de comunicação do Partido Democrata e na campanha de Biden quando passou a trabalhar como adjunta de Psaki desde a posse, em 2021. A função de secretária de imprensa do governo, portanto, não é estranha para ela, que acompanhou a porta-voz anterior em diversas conferências, chegando a substituir Psaki no ano passado, quando ela testou positivo para a Covid-19. Na ocasião, Jean-Pierre se tornou a segunda mulher negra a conduzir uma coletiva de imprensa em nome da Casa Branca – antes dela, a advogada Judy Smith, enquanto assistente do governo George H. W. Bush, foi a primeira mulher negra a responder à imprensa por uma administração, em 1991.

Jean-Pierre se tornará a primeira mulher negra e abertamente gay a ocupar o cargo permanentemente

Jean-Pierre se tornará a primeira mulher negra e abertamente gay a ocupar o cargo

-A simples e eficiente estratégia que as mulheres da Casa Branca usaram para serem ouvidas

“Ela irá continuar a conduzir a comunicação da administração Biden-Harris em nome da população americana”, afirmou o presidente, em comunicado. “Jill e eu conhecemos e respeitamos Karine há muito tempo, e ela será uma voz forte a falar por mim e por essa administração”, escreveu Biden. O presidente também agradeceu a Psaki, por ela ter “devolvido a decência, o respeito e o decoro” ao cargo de porta-voz, “se comunicando direta e verdadeiramente com o povo americano”. Por conta da mudança, a Casa Branca também confirmou que Anita Dunn irá retornar ao cargo de assessora sênior e assistente ao Presidente, antes ocupado por Jean-Pierre.

A então assessora, liderando uma coletiva de imprensa em maio do ano passado

A então assessora, liderando uma coletiva de imprensa em maio do ano passado

-A história não contada da incrível coleção de mais de 2 mil discos de vinil da Casa Branca

Nascida na Martinica de pais haitianos, Karine Jean-Pierre migrou para os EUA com sua família quando tinha 5 anos. Formada em Relações Públicas e Internacionais pela Universidade de Columbia, ela trabalhou como analista política das emissoras NBC e MSNBC, e atualmente vive com sua parceira, a repórter da CNN Suzanne Malveaux, e sua filha. Durante a administração Obama, da qual Biden era vice, Jean-Pierre trabalhou com diretorias de políticas regionais da Casa Branca, sendo, portanto, colaboradora há longa data de Biden. “Entendo como isso é importante para tantas pessoas. São tantas as comunidades que eu represento”, ela afirmou, após ser anunciada no cargo. “É uma honra e um privilégio estar atrás deste pódio”, concluiu.

Jean-Pierre ao lado de Jen Psaki, que deixou o cargo em 13 de maio

Jean-Pierre ao lado de Jen Psaki, que deixou a função de porta-voz da Casa Branca em 13 de maio

Publicidade

© fotos 1, 4: Getty Images

© fotos 2, 3: Wikimedia Commons


Vitor Paiva
Escritor, jornalista e músico, Vitor Paiva é doutor em Literatura, Cultura e Contemporaneidade pela PUC-Rio. Autor dos livros Tudo Que Não é Cavalo, Boca Aberta, Só o Sol Sabe Sair de Cena e Dólar e outros amores, publica artigos, ensaios e reportagens.

Canais Especiais Hypeness