Inspiração

Quem é Jesse Koz, influencer brasileiro morto em acidente nos EUA que viajava a América de fusca com seu cachorro

25 • 05 • 2022 às 16:17 Redação Hypeness
Redação Hypeness Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

O influenciador Jesse Koz e são cachorrinho Shurastey faleceram na última segunda-feira (23) devido a um acidente de carro na cidade de Portland, nos Estados Unidos.

Koz e Shurastey estavam em uma viagem que tinha como fim atravessar todo o continente americano, do Ushuaya na Argentina até o Alasca, nos EUA.

Shurastey e Jesse acampando nos EUA; eles viajaram juntos por quase cinco anos, mas a viagem acabou de forma trágica em acidente de carro

Jesse Koz era um brasileiro de 29 anos que abandonou seu trabalho para viver o sonho de viajar o mundo em seu Fusca 1978. Durante sua viagem, ele passou por todos os países do continente americano, com exceção do Canadá, que era seu próximo destino.

– Aos 21 anos ela se tornou a pessoa mais jovem a conhecer todos os países do mundo

A viagem tem nome: é o projeto“Shurastey or Shuraigow?”, uma brincadeira com a canção “Should I Stay or Should I Go” (traduzido do inglês Devo Ficar ou Devo Ir), sucesso da banda The Clash. O projeto conta com mais de 982 mil seguidores nas redes sociais.

Última passagem de Dodongo, Jesse e Shurastey foi pelo estado do Oregon, nos EUA; antes, eles viajaram pela Rota 66

“Está sendo a realização de um sonho”, contou Jesse em entrevista ao G1 SC em abril desse ano. Jesse saiu do Brasil em 2017 com R$ 10 mil na conta, um fusca de R$ 7 mil e Shurastey, à época com 2 anos e meio de idade.

A viagem foi pausada durante a pandemia. O fusquinha ‘Dodongo’ ficou no México e foi resgatado em 18 de janeiro desse ano, quando voltou para as estradas e seguiu para os EUA.

Últimos dias

Shurastey e Jesse estavam viajando pelos EUA. Eles cruzaram a Rota 66 e estavam na Costa Oeste dos EUA, curtindo a Califórnia. Depois, seguiram para o Oregon, um dos estados mais efervescentes culturalmente no país.

Por lá, encontraram os amigos Diego Strutz e Roana Petri Celeste, que também viajam pelo mundo. Eles saíram de Portland e tinham como destino o Canadá. Eles pretendiam ir para lá juntos.

– É possível: eles viajaram por mais de 50 países em uma van gastando apenas 8 dólares por dia

“Sofremos um acidente muito feio na estrada ontem. Fizemos tudo que estava ao nosso alcance para salvar o Jesse e o Shurastey, mas infelizmente eles faleceram no local”, comunicaram eles nas redes sociais.

“Íamos entrar no Canadá juntos. Saímos segunda de manhã, minutos depois o acidente aconteceu”, disseram ao G1.

Viajantes inspiraram pessoas com companheirismo e liberdade; trajeto foi acompanhado por milhares de pessoas nas redes sociais

A família Jesse conseguiu recolher mais de R$ 120 mil em doações para fazer o traslado do corpo do jovem e de Shurastey para a cidade de Balneário Camboriú (SC), onde ele morava. O Governo Estadual de Santa Catarina pediu auxílio do Itamaraty para fazer a operação diplomática.

A história dos dois trouxe comoção nas redes sociais:

Publicidade

Fotos: Reprodução/Instagram/@shurastey_


Canais Especiais Hypeness