Ciência

Sandália de quase 2 mil anos encontrada por alpinista tem inspiração na moda do Império Romano

Roanna Azevedo - 09/05/2022 às 10:20

Uma sandália datada do século 4 d.C., período conhecido como Idade do Ferro, foi achada por um alpinista na Horse Ice Patch, uma área de montanha na Noruega. A descoberta aconteceu em agosto de 2019 e logo foi encaminhada para a análise de arqueólogos do projeto Secrets of the Ice.

Sarcófago de chumbo do século 14 é o mais conservado já encontrado na Catedral de Notre-Dame

A sandália data do século 4 d. C. e foi encontrada por um alpinista em montanha da Noruega.

Assim que encontrou a sandália, o alpinista enviou fotos e as coordenadas do local onde o calçado estava. Para resgatá-lo, os especialistas precisaram se apressar e desbravar a área de montanha em apenas um dia: a previsão do tempo informou que haveria uma nevasca em breve, cobrindo o objeto de gelo e fazendo ele se perder novamente por muitos anos.

Navio Endurance naufragado em 1915 é finalmente encontrado a 3 mil metros de profundidade

A sandália assim que foi encontrada, ainda no local de descobrimento.

A escavação foi um sucesso e, além da sandália de 1,7 mil anos, os arqueólogos encontraram mais dez itens, incluindo amostras de tecidos e esterco de cavalo da Era Viking. A suspeita é de que a montanha era uma rota de viagem que conectava o interior do país à costa dos anos 200 d.C. até os 900 d.C..

Fóssil de dinossauro morto atingido por asteroide há 66 milhões de anos é encontrado

Resquícios da sandália da Idade do Ferro.

Para Espen Finstad, arqueólogo responsável pela escavação, a sandália provavelmente pertencia a algum viajante que transportava mercadorias. Por algum problema ou tipo de dano, ele acabou arremessando o calçado na encosta da montanha.

Meteorito encontrado na Rússia pode estar ligado ao impacto que formou a Lua

Reconstituição feita de couro da sandália.

Feita de couro, a sandália chamou a atenção dos especialistas justamente por se assemelhar aos modelos usados durante o Império Romano. Mas engana-se quem pensa que esse era o único tipo de calçado usado. Evidências do período comprovaram que os cidadãos romanos também trajavam botas e meias de lã. As togas, tidas como o símbolo da moda daquela sociedade, só eram utilizadas pelos homens em situações formais, já que não eram práticas ou muito confortáveis.

Publicidade

Fotos 1, 2 e 4: Reprodução/@brearkeologi

Foto 3: Reprodução/@VegardVike


Roanna Azevedo
Diretamente da zona norte do Rio, é jornalista por profissão e curiosa por conta própria. Ama escrever sobre cinema e o universo do entretenimento há mais de dois anos. Tem paixão por tudo que envolve cultura, música, arte e comportamento, além de ficar sempre ligada no que rola no mundinho da comunicação nas redes sociais.

Canais Especiais Hypeness