Tecnologia

Seawise Giant: o maior e mais pesado navio já construído era o dobro do Titanic

27 • 05 • 2022 às 16:20
Atualizada em 30 • 05 • 2022 às 19:11
Vitor Paiva
Vitor Paiva   Redator Vitor Paiva é jornalista, escritor, pesquisador e músico. Nascido no Rio de Janeiro, é Doutor em Literatura, Cultura e Contemporaneidade pela PUC-Rio. Trabalhou em diversas publicações desde o início dos anos 2000, escrevendo especialmente sobre música, literatura, contracultura e história da arte.

Com mais de meio quilômetro de extensão e superando o peso de 564 mil toneladas, o Seawise Giant foi o maior navio do mundo, bem como o objeto mais pesado já construído pela humanidade. Em 1988, após ser bombardeado e afundado, se tornou o maior naufrágio do planeta, mas, no ano seguinte, o imenso barco foi resgatado do fundo do mar e reconstruído para voltar a navegar. Com duas vezes o tamanho do Titanic, o navio era maior até mesmo do que o Empire State Building, histórico edifício novaiorquino.

O Seawise Giant foi construído em 1979, e teve diversos nomes durante sua atividade

O Seawise Giant foi construído em 1979, e teve diversos nomes durante sua atividade

-Maior iate do mundo é condomínio flutuante de R$ 3 bi, com apartamentos à venda por R$ 55 milhões

Encomendado a um estaleiro japonês em 1974, o maior navio da história levou cinco anos para ficar pronto, com 458,46 metros de comprimento, 68,8 metros de largura e 29,8 metros de calado, em 1979 – e capacidade de carga de mais de 674 mil metros cúbicos. O Seawise Giant viajou por por 30 anos, foi renomeado seis vezes e, quando abandonou as águas, em 2009, precisou de mais de mil pessoas trabalhando ao longo de um ano para ser desmontado, em Alang, o maior local de desmonte de navios do mundo, na Índia.

O navio tinha mais de meio quilômetro de extensão e pesava mais de 564 mil toneladas

O navio pesava mais de 564 mil toneladas

-Partiu? Cruzeiro mais longo do mundo dura 8 meses e passa por 59 países

Quando totalmente carregado, pesava cerca de 657 mil toneladas, tornando-se assim a maior embarcação de seu tipo já construída. Durante seus primeiros anos de serviço, o Seawise Giant transportou milhões de litros  de combustível entre o Oriente Médio e os EUA, mas, em 1988, durante a Guerra Irã-Iraque, enquanto carregava óleo iraniano, o gigante foi bombardeado pelas forças de Saddam Hussein, e acabou no fundo do mar. Era, porém, desperdício demais e, após o fim do conflito, em trabalho que levou mais de um ano, o navio foi resgatado por um empresa norueguesa e reconstruído.

Mais de meio quilômetro de extensão no navio, quando já se chamava Jahre Viking

Mais de meio quilômetro de extensão no navio, quando já se chamava Jahre Viking

-Navio de 400 m teria entalado no Canal de Suez por causa do vento

Comprado pelo magnata norueguês Jorgen Jahre por 39 milhões de dólares, o navio foi renomado Jahre Viking e voltou aos mares em outubro de 1991. Sua dimensão era tão grande, que ele não podia atravessar canais como o de Suez ou do Panamá, e só conseguia fazer curvas em um raio de 3,7 km. Com velocidade máxima de 16 nós, para fazer o Jahre Viking parar eram necessários 10 km de mar: reza a lenda que, durante as viagens, a tripulação costumava andar de bicicleta em seu imenso convés para fazer exercícios.

O navio recebendo reparos em estaleiro no Havaí em 1990

O navio recebendo reparos em estaleiro no Havaí em 1990

-Navio Endurance naufragado em 1915 é finalmente encontrado a 3 mil metros de profundidade

Após ser transformado em sucata, em 2010, somente sua âncora de 36 toneladas foi preservada, e transportada para o Museu Marítimo de Hong Kong como lembrança de uma verdadeira lenda dos mares – a maior e mais pesada a cruzar os oceanos do planeta.

Publicidade

© fotos 1, 4: Wikimedia Commons

© fotos 2, 3: Imgur/Octabeck/reprodução

 


Canais Especiais Hypeness