Inspiração

Significado dos sonhos: 5 livros para te ajudar a entender o significado dos seus

20 • 05 • 2022 às 10:21
Atualizada em 02 • 06 • 2022 às 19:55
Roanna Azevedo
Roanna Azevedo   Redatora Diretamente da zona norte do Rio, é jornalista por profissão e curiosa por conta própria. Ama escrever sobre cinema e o universo do entretenimento há mais de dois anos. Tem paixão por tudo que envolve cultura, música, arte e comportamento, além de ficar sempre ligada no que rola no mundinho da comunicação nas redes sociais.

Os sonhos são uma mistura de memórias antigas e recentes. Enquanto umas já estão classificadas como valiosas pelo cérebro, outras podem ainda não ter sido totalmente compreendidas, o que causa aquela tão comum sensação de aleatoriedade. Todo esse processo ocorre durante a fase REM (Rapid Eye Movement) do sono, quando a atividade dos neurônios é similar a de quando estamos acordados, fazendo com os olhos se movimentem muito rápido.

Os sonhos são uma combinação de lembranças antigas e recentes.

De acordo com Sigmund Freud, os sonhos são capazes de revelar desejos profundos e emoções ocultas. Ao longo de sua carreira, escreveu diversos livros sobre o tema, sendo o mais famoso deles “A interpretação dos sonhos: Volume 4” (1900). Nele, ele explicava como diversas memórias e vontades reprimidas eram manifestadas durante o sono.

A história da mulher que, através de sonhos e memórias, reencontrou a família de sua vida passada

Além de Freud, outros autores desenvolveram as próprias obras sobre o assunto. Pensando nisso, reunimos abaixo cinco livros que podem ajudar você a descobrir e entender melhor os significados dos sonhos que tem. Boa leitura!

1) Dicionário de Sonhos, de Zolar

Capa do livro “Dicionário de Sonhos”, de Zolar.

O livro “Dicionário de Sonhos” contém aproximadamente 20 mil interpretações sobre diferentes símbolos. O objetivo é ajudar o leitor a desvendar sua linguagem secreta e compreender as mensagens subconscientes sobre acontecimentos do futuro. Ele é organizado de A a Z, como um dicionário de verdade, e ainda inclui informações sobre signos astrológicos, vibrações e numerologia.

2) O Mais Tradicional Livro dos Sonhos e da Sorte: Revelação e Interpretação dos Sonhos Acompanhados dos Números da Sorte, de Ben Samir

Capa do livro “O Mais Tradicional Livro dos Sonhos e da Sorte: Revelação e Interpretação dos Sonhos Acompanhados dos Números da Sorte”, de Ben Samir.

Atualmente em sua 32ª edição, “O Mais Tradicional Livro dos Sonhos e da Sorte” é uma das obras mais antigas do gênero, tendo sido lançado pela primeira vez nos anos 1950. Ao longo de 160 páginas, ele revela curiosidades sobre os significados dos sonhos, explica qual o sentido de cada um deles e ainda informa se existe algum tipo de revelação envolvida.

Heartstopper: conheça outros livros com histórias tão apaixonantes quanto a de Charlie e Nick

3) O oráculo da noite: A história e a ciência do sonho, de Sidarta Ribeiro

Capa do livro “O oráculo da noite: A história e a ciência do sonho”, de Sidarta Ribeiro.

“O oráculo da noite” viaja até o Egito e a Grécia Antiga para explicar a importância dos sonhos para as civilizações da época. Além de detalhes históricos, ele reúne informações psicanalíticas, literárias, antropológicas e biológicas para compreender como a mente humana funciona e por qual motivo produz tantos símbolos e significados.

4) O livro definitivo dos sonhos, de João Bidu

Capa do livro “O livro definitivo dos sonhos”, de João Bidu.

Em “O livro definitivo dos sonhos”, o astrólogo João Bidu busca entender quais são os desejos, medos e pensamentos mais íntimos das pessoas que sonham. Lotada de interpretações, a obra tenta compreender os mistérios por trás das imagens que o inconsciente forma e o que exatamente elas querem dizer.

7 livros nacionais escritos por mulheres para ter na cabeceira

5) Jung e a Interpretação dos Sonhos, de James Hall

Capa do livro “Jung e a Interpretação dos Sonhos”, de James Hall.

Baseado na Análise Psicológica de Carl Jung, o livro traz exemplos clínicos de sonhos e de suas possíveis interpretações. De acordo com James Hall, as narrativas que criamos no inconsciente durante o sono comunicam uma mensagem ao ego. Por isso, é tão importante entendê-las e ampliar nossas percepções para a vida.

Publicidade

Foto 1: Andrea Piacquadio/Pexels

Foto 2: Reprodução/Livraria Martins Fontes

Fotos 3, 4, 5 e 6: Reprodução/Americanas


Canais Especiais Hypeness