Arte

Dia do Orgulho LGBTQIAP+: boas histórias que o cinema conta – e com final feliz

27 • 06 • 2022 às 10:45
Atualizada em 28 • 06 • 2022 às 14:07
Redação Hypeness
Redação Hypeness Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

O Dia do Orgulho LGBTQIAP+ é celebrado em 28 de junho e a cada ano fazemos uma seleção lindona de filmes que celebram o amor de forma ampla e inclusiva. Dessa vez, além de uma lista, vai rolar uma programação toda especial no Telecine para comemorar, pensada a partir do conceito de que “O cinema tem sempre uma boa história. E um final feliz cabe em todas”.

Neste ano, o Telecine junto ao Colorbar, grupo LGBTQIAP+ que nasceu organicamente entre seus funcionários para engajar a equipe com a causa durante todo o ano, fez uma seleção de longas para reforçar a conscientização.

O resultado desse trabalho começa com uma programação digna de maratona que vai ocupar a tela do Telecine Touch no dia 28, a partir das 13h15, com algumas boas produções que valem a pena ser vistas e revistas.

Vem com a gente conferir os filmes:

Eu Não Quero Voltar Sozinho
Leonardo (Ghilherme Lobo), um adolescente cego, tenta lidar com a mãe superprotetora ao mesmo tempo em que busca sua independência. Quando Gabriel (Fabio Audi) chega na cidade, novos sentimentos começam a surgir em Leonardo, fazendo com que ele descubra mais sobre si mesmo e sua sexualidade.

Tomboy
Na França, a pequena Laure (Zoé Héran) se muda com os pais (Sophie Cattani e Mathieu Demy) e a irmã para outro bairro. Buscando fazer amigos, ela sai para brincar e conhece Lisa, que a confunde com um garoto. Laure então decide assumir a identidade de Mickaël em segredo, o que, somado à nova amizade, acaba despertando certos questionamentos.

Descobertas do Amor (2016)
A jovem Sun-Hwa é recrutada para o papel de Julieta na peça que será reproduzida na escola. Ao longo dos ensaios, ela vê uma forte conexão nascer com Ha-Nam, a aluna mais velha que viverá Romeu.

Praia do Futuro
Donato trabalha como salva-vidas, e seu irmão caçula tem grande admiração por ele, devido à coragem demonstrada ao se atirar no mar para resgatar desconhecidos. Um deles é Konrad, um alemão de olhos azuis que muda por completo a vida de Donato após ser salvo por ele. É quando Ayrton, querendo reencontrar o irmão, parte para Berlim.

Me Chame Pelo Seu Nome
O jovem Elio está enfrentando outro verão preguiçoso na casa de seus pais na bela e lânguida paisagem italiana. Mas tudo muda com a chegada de Oliver, um acadêmico que veio ajudar a pesquisa de seu pai.

Depois Daquela Festa

Leo fica espantado ao ver seu pai beijando outro homem em uma festa. Reflexivo e contando com a ajuda de Carol, sua melhor amiga, ele precisa encontrar a forma perfeita de contar a ele que descobriu seu segredo.

Milk – A Voz da Igualdade
Em 1972, Harvey Milk e seu namorado Scott Smith, mudam-se de Nova York para São Francisco. Milk, determinado a fazer algo importante em sua vida, abre uma loja de câmeras no distrito de Castro e ajuda a transformar a área em um ponto de encontro para gays e lésbicas. Em 1977, ele se torna o primeiro homossexual assumido em um cargo público, eleito para o Conselho de Supervisores. Milk logo estabelece uma difícil relação profissional com Dan White, o homem que iria acabar com sua vida.

Rafiki
Mesmo filhas de famílias rivais políticas, as jovens quenianas Kena e Ziki começam a viver uma intensa paixão, desafiando as leis do Quênia que criminalizam a relação homossexual. Agora, as duas precisam escolher entre serem livres ou viver em segurança. O filme foi o primeiro longa-metragem do Quênia a ser exibido no Festival de Cannes.

Retrato de uma Jovem em Chamas
Marianne é uma jovem pintora na França do século 18, com a tarefa de pintar um retrato de Héloïse para seu casamento, sem que ela saiba. Passando seus dias observando Héloïse e as noites pintando, Marianne se vê cada vez mais próxima de sua modelo.

Para completar essa data cheia de orgulho, os canais Telecine vão exibir ainda uma vinheta especial com narração do artista e ativista Silvero Pereira. Aliás, se você ainda não viu esse grande ator interpretando Tunga em Bacurau, pare tudo e vá agora! Corra também no catálogo on demand do Telecine para ver a cinelist Orgulho LGBTQI+, que reúne mais filmes que celebram todas as formas de amor.

Publicidade

Canais Especiais Hypeness