Arte

Homens permanecem abraçados por 24 horas na Croácia; assista ao vídeo e entenda

09 • 06 • 2022 às 09:37 Vitor Paiva
Vitor Paiva   Redator Vitor Paiva é jornalista, escritor, pesquisador e músico. Nascido no Rio de Janeiro, é Doutor em Literatura, Cultura e Contemporaneidade pela PUC-Rio. Trabalhou em diversas publicações desde o início dos anos 2000, escrevendo especialmente sobre música, literatura, contracultura e história da arte.

A imagem de dois homens abraçados vista recentemente em uma praça em Zagreb, capital da Croácia, seria banal, não fosse o fato de ter durado 24 horas ininterruptas. Assim os artistas Igor Zenzerovic e Bojan Ban tornaram uma cena supostamente normal em arte, debate, provocação e mensagem, através da performance “Estudo de um abraço”: a peça fez parte do Zagreb Queer Festival, evento reunindo cerca de 100 artistas para explorar os mais diversos temas dentro do universo queer e da luta pelos direitos, a representatividade e a liberdade LGBTQIA+.

Igor Zenzerovic e Bojan Ban passaram 24 horas abraçados em performance no dia 27 de maio

Igor Zenzerovic e Bojan Ban passaram 24 horas abraçados em performance no dia 27 de maio

-Pessoas rejeitadas pelas famílias por serem gays ganham ‘abraço de mãe’ de desconhecidos

A performance aconteceu no último dia 27 de maio, em uma praça no centro da capital croata e, de acordo com Zenzerovic, buscou “estudar intimamente a proximidade de dois corpos masculinos em um espaço público” a partir da extensão e do local da cena. “A mensagem da performance pode não parecer clara inicialmente, mas se torna cada vez mais clara conforme você participa e assiste ao abraço propriamente”, comenta o artista.

-Marina Abramović: quem é a artista que impressiona o mundo com suas performances

A execução da performance, portanto, colocou os dois artistas entrelaçados no meio da rua ao longo de 23 horas, 59 minutos e 59 segundos, sem qualquer outro gesto a não ser o abraço – enfrentando a madrugada e até mesmo a chuva eventual: em alguns momentos da peça, Igor e Bojan seguiram abraçados, mas sentados no chão. Muitos passantes e curiosos fotografaram ou filmaram a cena, mas por mais de uma vez pessoas não resistiram e aderiram à performance, se juntando ao abraço.

Para descansar, os artistas se sentaram no chão da praça - mas permaneceram entrelaçados

Para descansar, os artistas se sentaram no chão da praça – mas permaneceram entrelaçados

Parte do público não resistiu e decidiu participar, também abraçando os artistas

Parte do público não resistiu e decidiu participar, também abraçando os artistas

-Conheça o 1º presidente abertamente gay a comandar um país no mundo

Assim como o Brasil, a Croácia é um país de maioria católica, e o progresso dos direitos LGBTQIA+ ainda enfrenta resistência de parte da população. Um referendo realizado em 2013 baniu legalmente o casamento entre pessoas do mesmo sexo, mas o país reconhece direitos legais dos casais, permite a adoção e possui legislação que combate a discriminação contra a população LGBTQIA+. “Estudo de um abraço” fez parte da 20ª edição do Queer Festival de Zagreb, que aconteceu entre os dias 24 de maio e 05 de junho de 2022.

“Estudo de um abraço” fez parte do Queer Festival de Zagreb, capital da Croácia

“Estudo de um abraço” fez parte do Queer Festival de Zagreb, capital da Croácia

Publicidade

Canais Especiais Hypeness