Estilo

Kim Kardashian acusada de danificar vestido usado por Marilyn Monroe no famoso ‘Happy Birthday’ a JFK

14 • 06 • 2022 às 16:10
Atualizada em 14 • 06 • 2022 às 17:50
Redação Hypeness
Redação Hypeness Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Em 2 de maio de 2022, a empresária e influenciadora Kim Kardashian apareceu no MET Gala com um vestido histórico de Marilyn Monroe.

A roupa, utilizada pela atriz na década  de 60 para cantar ‘Happy Birthday’ para John F. Kennedy, então presidente dos EUA, aparentemente foi danificada pela influencer.

Kim Kardashian usou peça histórica em evento de sociedade de classe média alta; especialistas alegam danos à peça original

De acordo com o historiador e colecionador Scott Fortner, organizador da The Marilyn Monroe Collection, o vestido utilizado pela Kardashian foi entregue com danos.

Em imagens publicadas na página do The Marilyn Monroe Collection, o vestido aparece com tecido esgarçado próximo ao zíper do fecho das costas, além de ter cristais faltando.

Veja também: Poemas, cartas, receitas e diários de Marilyn Monroe aparecem quase 60 anos após sua morte

Imagens mostram danos ao vestido de Monroe

“Foi tomado um grande cuidado para preservar este pedaço da história da cultura pop. Com a contribuição de conservacionistas, avaliadores e arquivistas de roupas, a condição da peça era a principal prioridade. Nenhuma alteração foi feita no vestido e Kim usou uma réplica após o tapete vermelho”, disse a empresa responsável pelo uso do vestido.

Segundo fontes anônimas ouvidas pelo Daily Mail, Kim Kardashian negou que o vestido tenha sido danificado durante o uso no Met Gala.

A peça foi utilizada por Marilyn Monroe em um show no Madison Square Garden durante um evento de arrecadação de fundos para o Partido Democrata, em 1962.

Confira um vídeo do momento:

A peça de roupa se torna uma principal peça histórica porque a relação entre Marilyn Monroe e o presidente dos EUA  é recheada de boatos, como uma possível relação extraconjugal entre os dois.

Marilyn Monroe utilizou a peça em um dos momentos mais marcantes dos anos 1960 nos EUA

O evento antecede em três meses a morte de Monroe e em um ano e meio a morte do presidente, assassinado por Harvey Lee Oswald.

Publicidade

Fotos: Destaques, Foto 1 e 3: © Getty Images Foto 2: Foto: Reprodução/Instagram/The Marilyn Monroe Collection


Canais Especiais Hypeness