Diversidade

Laverne Cox se torna a primeira pessoa trans a ganhar uma Barbie em sua homenagem

03 • 06 • 2022 às 17:51
Atualizada em 06 • 06 • 2022 às 19:30
Vitor Paiva
Vitor Paiva   Redator Vitor Paiva é jornalista, escritor, pesquisador e músico. Nascido no Rio de Janeiro, é Doutor em Literatura, Cultura e Contemporaneidade pela PUC-Rio. Trabalhou em diversas publicações desde o início dos anos 2000, escrevendo especialmente sobre música, literatura, contracultura e história da arte.

A atriz estadunidense Laverne Cox é a primeira pessoa trans a ganhar uma boneca Barbie em sua homenagem.

Derrubar tabus e conquistar espaço de representatividade é parte do trabalho da artista, que, com a personagem Sophia Burset na série “Orange Is the New Black”, se tornou a primeira artista trans a ser indicada a um prêmio de atuação no Emmy, em 2014. A primeira Barbie trans foi feita pela Mattel em comemoração pelos 50 anos de Cox, completados em 29 de maio.

Laverne Cox posando junto com sua própria boneca Barbie - a primeira trans já lançada

Laverne Cox posando junto com sua própria boneca Barbie

-Mattel lança Barbie em homenagem a Maya Angelou

“Por anos eu sonhei em trabalhar com a Barbie para criar minha própria boneca”, afirmou a atriz, que, em 2020, foi uma das produtoras executivas do documentário “Revelação”, sobre a representação de pessoas trans no cinema.

“Eu não posso esperar até os fãs encontrarem minha boneca nas prateleiras e terem a oportunidade de incluir uma Barbie modelada a partir de uma pessoa transgênero a suas coleções”, disse Cox.

A Barbie em homenagem à atriz e á primeira representação trans entre as bonecas

A Barbie em homenagem à atriz e á primeira representação trans entre as bonecas

-Iza vira Barbie e se torna 3ª brasileira homenageada por linha de brinquedos

O modelo inspirado em Cox é parte da “Tribute Collection”, uma coleção que celebra mulheres pioneiras e corajosas, no entretenimento e em outras áreas. A coleção foi iniciada com uma boneca inspirada na atriz Lucille Ball, mas já homenageou nomes como da estilista Vera Wang e até da Rainha Elizabeth.

Segundo Cox, sua expectativa é que as pessoas possam “sonhar grande” a partir de sua Barbie, da mesma forma que ela sonhou em sua carreira.

A boneca é parte de uma linha em homenagem a mulheres pioneiras no entretenimento

A boneca é parte de uma linha em homenagem a mulheres pioneiras no entretenimento e na cultura

-O maravilhoso casamento entre atriz e roteirista de ‘Orange Is The New Black’

Depois do sucesso de “Orange is the New Black”, Laverne Cox se afirmou como um dos nomes mais importantes na representatividade trans nos EUA e no mundo. Ainda em 2014, ela foi a primeira pessoa trans a aparecer na capa da revista Time; no ano seguinte, ela conquistou o Emmy como produtora executiva da série Laverne Cox Presents: The T Word.

Em 2017, com seu papel na série “Doubt”, Cox se tornou a primeira pessoa trans a conquistar um papel fixo na TV aberta do país. Ela também é a primeira a aparecer na capa da revista Cosmopolitan, e a ganhar um boneco de cera no famoso museu Madame Tussauds.

Laverne em cena da série "Orange is the New Black"

Laverne em cena da série “Orange is the New Black”

-Modelo cearense se torna a primeira trans a trabalhar na Victoria’s Secret

“Estamos orgulhosos em iluminar a importância da inclusão e da aceitação em qualquer idade, e em reconhecer o impacto significativo de Laverne em nossa cultura com sua Barbie Tribute Collection”, afirmou Lisa McKnight, Vice-presidente Executiva e Chefe Global do departamento de Barbie e Bonecas, na Mattel.

“O espaço para sonhar e se manifestar é uma fonte tão poderosa que é capaz de te levar a conquistar mais do que o que você originalmente achava possível”, afirmou a atriz.

O lançamento da Barbie é parte da comemoração pelos 50 anos de Cox

O lançamento da Barbie é parte da comemoração pelos 50 anos de Cox

Publicidade

© fotos 1, 2, 3, 5: Mattel/divulgação

© foto 4: Netflix/reprodução


Canais Especiais Hypeness