Debate

Marido de professora morta em massacre em escola do Texas morre de ataque cardíaco dias depois

01 • 06 • 2022 às 10:11 Vitor Paiva
Vitor Paiva   Redator Vitor Paiva é jornalista, escritor, pesquisador e músico. Nascido no Rio de Janeiro, é Doutor em Literatura, Cultura e Contemporaneidade pela PUC-Rio. Trabalhou em diversas publicações desde o início dos anos 2000, escrevendo especialmente sobre música, literatura, contracultura e história da arte.

Dois dias após a professora Irma Garcia ser assassinada no recente massacre ocorrido em uma escola primária em Uvalde, no Texas, seu marido, Joe Garcia, faleceu em um ataque cardíaco fulminante. A notícia foi confirmada por John Martinez, sobrinho do casal, que estava junto há 24 anos e deixou quatro filhos. “Com o coração partido e profunda tristeza venho dizer que o marido de minha tia Irma, Joe Garcia, faleceu devido à dor que sentia pela partida dela”, escreveu Martinez em suas redes sociais. “Estou realmente sem palavras sobre como todos estamos nos sentindo. Nossa família, Deus tenha misericórdia de nós, isso não é fácil”.

Irma Garcia foi assassinada no massacre do Texas; dois dias depois, o marido Joe morreu de infarto

Irma Garcia foi assassinada no massacre recente; dois dias depois, o marido Joe morreu de infarto

-Autor de massacre em El Paso publicou manifesto racista no 8chan antes do crime

Segundo o sobrinho, Irma e Joe eram namorados desde os tempos de escola, e o impacto da notícia da morte da esposa foi insuportável. “Eu realmente acredito que Joe morreu pelo coração partido, e perder o amor de sua vida de mais de 25 anos foi demais para ele aguentar”, escreveu Martinez, em uma página de financiamento coletivo iniciada para ajudar as quatro crianças, Cristian, Jose, Lyliana, e Alysandra. A meta inicial da campanha no site GoFundMe  era levantar 10 mil dólares para cobrir custos da família, mas até a presente publicação já havia arrecadado mais de 2,7 milhões de dólares.

Homenagens às 21 pessoas mortas em frente a Robb Elementary School, no Texas

Homenagens às 21 pessoas mortas em frente à escola Robb Elementary School, no Texas

-Sobreviventes de massacre em escola da Flórida farão marcha por mudanças nas leis de armamento

Irma Garcia tinha 48 anos, trabalhou como professora por 23 anos, e foi assassinada no dia 24 de maio por um atirador de 18 anos na Robb Elementary, escola primária na cidade texana. De acordo com relatos, a professora foi morta enquanto tentava proteger outras crianças: além de Garcia, sua colega Eva Mireles e outras 19 crianças foram assassinadas no massacre, o mais letal nos últimos 10 anos no país. Joe Garcia tinha 50 anos e, enquanto voltava de uma cerimônia em homenagem à esposa, “faleceu de tristeza”, segundo relato do sobrinho, publicado no Twitter.

Joe e Irma estavam casados há 24 anos, após um namoro que começou na escola

Joe e Irma estavam casados há 24 anos, após um namoro que começou na escola, e tinham 4 filhos

-Ocorrências relacionadas a atiradores dobraram nos EUA nos últimos 5 anos, aponta FBI

“Joe e Irma eram pessoas incríveis, e dois dos mais amorosos pais que nós já conhecemos. Eles eram muito orgulhosos de seus filhos”, escreveu Debra Austin, prima de Irma, na página da campanha de financiamento coletivo – que arrecadou o valor a partir de quase 50 mil doações diferentes. “Eles eram amados e serão lembrados para além do que as palavras conseguem explicar”, diz o texto. O atirador Salvador Ramos, de 18 anos, atirou na própria avó e se dirigiu até a escola, matando 21 pessoas.

Homenagem à professora durante partida de beisebol em Nova York, dias após o massacre

Homenagem à professora durante partida de beisebol em Nova York, dias após o massacre

-Atirador da Flórida que matou 17 participava de movimentos de supremacia branca

Após cometer o maior tiroteio em massa da história do Texas, Ramos foi morto pela polícia, em tiroteio no local. O estado do Texas possui uma das leis menos severas para o porte, permitindo que os cidadãos carreguem armas sem licença, treinamentos ou averiguações previas.

Publicidade

© fotos 1, 3: Twitter/reprodução

© fotos 2, 4: Getty Images


Canais Especiais Hypeness