Debate

Menina de 9 anos sobrevive a ataque de puma nas montanhas nos EUA

06 • 06 • 2022 às 10:15
Atualizada em 06 • 06 • 2022 às 10:18
Vitor Paiva
Vitor Paiva   Redator Vitor Paiva é jornalista, escritor, pesquisador e músico. Nascido no Rio de Janeiro, é Doutor em Literatura, Cultura e Contemporaneidade pela PUC-Rio. Trabalhou em diversas publicações desde o início dos anos 2000, escrevendo especialmente sobre música, literatura, contracultura e história da arte.

A pequena Lily Ustimenko, de 9 anos, sobreviveu a um ataque de um puma ocorrido na manhã dia 27 de maio, nos EUA. A criança estava acampando com sua família em um parque em Stevens County, no estado de Washington, noroeste do país, quando o inesperado incidente aconteceu: segundo comunicado emitido pelo Departamento de Pesca e Vida Selvagem de Washington, Lily estava brincando de esconder com outras duas crianças no local, e foi subitamente atacada no momento em que saltou para surpreender seus amigos.

A pequena Lily Ustimenko, sobreviveu recentemente ao ataque de um puma

A pequena Lily Ustimenko, sobreviveu recentemente ao ataque de um puma

-Mãe entra em luta corporal com um puma para salvar filho

De acordo com a família de Lily, após o ataque ela foi transportada rapidamente para um hospital com diversos ferimentos em seu rosto e tórax, onde foi submetida a cirurgias. Após período em coma ela despertou e demonstrou melhorias em seu quadro, bem como consciência do que havia acontecido. “O Departamento de Pesca e Vida Selvagem de Washington está revisando cada detalhe do incidente para compreender o que aconteceu”, afirmaram as autoridades, em comunicado. O animal foi abatido a tiros por uma pessoa presente no momento do ataque, e morreu no local.

Um puma adulto e saudável tem uma das mordidas mais fortes do mundo

Um puma adulto e saudável tem uma das mordidas mais fortes do mundo

-Jacaré e o giro da morte: quais os animais com as mordidas mais fortes do mundo

A tia de Lily, Alex Mantsevich, organizou uma campanha de financiamento coletivo para arrecadar fundos e cobrir os altos custos médicos para a recuperação da criança – na página da campanha, a irmã da mãe de Lily comentou sobre a condição mais recente da sobrinha. “Ontem, no dia 3 de junho, Lily foi dispensada do hospital e foi pra casa para sua família. Ela estava abrindo presentes e contando histórias sobre o acidente e, apesar de seus dedos estarem com curativos, ela tocou piano”, escreveu a tia. A campanha foi iniciada há alguns dias e já arrecadou cerca de 100 mil dólares da meta de 120 mil dólares.

A criança chegou a ficar em coma e voltou pra casa para se recuperar no dia 3

A criança chegou a ficar em coma e voltou pra casa para se recuperar no dia 3

-Puma oriental é oficialmente extinto e deve ser ‘substituído’ por leões da montanha

Segundo as autoridades, acidentes desse tipo são especialmente raros: somente 20 pessoas foram atacadas por pumas na região montanhosa do estado do Washington, com duas mortes. Também conhecido no Brasil como suçuarana e leão-baio, o animal é um felino similar a uma onça-parda e encontrado em todo o continente americano – com cerca de 1,55 metro de comprimento sem a cauda e pesando até 72 quilos, é o segundo maior felino das Américas, atrás somente da onça-pintada.

Com média de 1,55 metro de comprimento, o puma é o segundo maior felino do continente

Com média de 1,55 metro de comprimento, o puma é o segundo maior felino do continente

Publicidade

© fotos 1, 3: GoFoundMe/reprodução

© fotos 2, 4: Wikimedia Commons

 


Canais Especiais Hypeness