Debate

Padre é afastado após mulher descobrir que ele transava com seu marido

06 • 06 • 2022 às 13:18
Atualizada em 06 • 06 • 2022 às 13:34
Redação Hypeness
Redação Hypeness Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Um padre da Arquidiocese de Natal, no Rio Grande do Norte, foi afastado de suas funções após uma mulher descobrir que o pároco teve um relacionamento com seu marido.

Uma discussão entre os envolvidos foi registrada em áudios no ano de 2019 e se refere a fatos do início da década passada. De acordo com o marido, ele teve encontros com fins sexuais durante dois anos com o sacerdote.

– Padre suspeito de abuso sexual é filmado agredindo ex-seminarista

O padre celebrou o casamento entre a mulher e o homem infiel. Segundo o áudio que contém boa parte da história, o sacerdote continuou dando em cima do homem mesmo depois do matrimônio.

Áudio de pouco mais de quinze minutos mostra discussão entre esposa, traidor e padre

Durante o áudio, que contém uma conversa entre os três, a mulher questiona por diversas vezes o pároco sobre a natureza da relação. O religioso confirma que ele e o marido dela tiveram relações sexuais por “duas ou três vezes”. Já o homem afirma que foram mais de 20 vezes ao longo de dois anos.

– Padres negros e o racismo que sustenta a branquitude da Igreja Católica

O padre se escusa, dizendo que não há problema porque ambos os “pecadores” se confessaram e obtiveram perdão. “Eu não tô dizendo… Eu disse que foi normal? Eu disse que foi uma fraqueza grande. E que eu precisei me confessar pra poder continuar aqui dentro”, diz o pároco. Ele também confessou que teve relações sexuais com outras pessoas, mas que esse marido foi seu último caso.

Padre era o principal pároco da igreja de Nossa Senhora da Candelária, que ainda não se pronunciou oficialmente sobre a polêmica

Em nota, a Arquidiocese de Natal afirmou que decidiu afastar o padre de suas funções na religião.

“Tendo tomado conhecimento dos fatos que vieram à tona envolvendo o Pe. Júlio Cezar Souza Cavalcante, o Arcebispo de Natal, Dom Jaime Vieira Rocha, determinou o afastamento do referido sacerdote de todas as suas funções ministeriais exercidas na Arquidiocese de Natal, a fim de que possam ser apurados os fatos e tomadas as devidas providências. Também determinou que fosse aberta uma investigação prévia, conforme prescreve o Direito Canônico, para que sejam averiguadas as possíveis responsabilidades”, diz a nota.

– Vaticano é contra união homoafetiva porque ‘Deus não abençoa pecado’

“Rogamos ao Bom Deus que tudo seja esclarecido e, para o bem do povo de Deus, possa reinar a paz nos corações”, completa a instituição religiosa.

Publicidade

Fotos: Destaques e Foto 2: Reprodução/Google Maps Foto 1: © Getty Images


Canais Especiais Hypeness